(Fonte da imagem: Reprodução/Mashable)

Com o sucesso obtido pelo lançamento do tablet Nexus 7, não deve demorar muito para que uma versão atualizada do produto chegue às lojas. Segundo a Reuters, a segunda geração do gadget deve ser disponibilizada para venda a partir de julho deste ano, trazendo uma série de melhorias de hardware em relação ao dispositivo atual.

De acordo com duas fontes com “conhecimento sobre o novo produto”, o tablet deve ganhar uma tela com maior resolução e uma borda lateral mais fina. Além disso, no lugar do processador Tegra 3 da NVIDIA vai entrar um chip da linha Snapdragon fabricado pela Qualcomm — decisão que teve como base a quantidade de energia consumida pelos processadores de cada companhia.

Segundo a Reuters, a Google planeja produzir cerca de 8 milhões de unidades do gadget na segunda metade do ano, prova de que ela está confiante de que será capaz de superar rivais como a Amazon e a Apple. Ao que tudo indica, a nova versão do Nexus 7 será produzida pela Asustek, mesma empresa responsável pelo modelo atual do dispositivo.

Estratégia de vendas incerta

O tablet deve chegar às lojas pelo preço sugerido de US$ 200, o que deve fazer com que o modelo atual tenha seu valor reduzido. Também há a opção de que a versão atual do produto simplesmente desapareça das lojas e que o novo dispositivo seja comercializado por US$ 150 — as fontes consultadas pela Reuters não tinham informações concretas quanto à estratégia que será adotada pela Google.

Vale notar que todas as informações divulgadas até o momento não passam de rumores, cuja veracidade pode ou não ser confirmada durante os próximos meses. Porém, levando em consideração a popularidade alcançada pelo gadget, é de se imaginar que a sua fabricante já deva estar planejando maneiras de lucrar mais em cima dele.

Cupons de desconto TecMundo: