(Fonte da imagem: Reprodução/Android Community)

Um dos principais motivos pelos quais o Nexus 7 está fazendo sucesso é a sua combinação entre hardware poderoso e preço acessível. Custando somente US$ 200, o aparelho vem acompanhado por um respeitável processador quad-core de 1,3 GHz — que pode ficar ainda mais poderoso graças aos rootkits desenvolvidos pela comunidade de fãs do gadget.

Exemplo disso é o Clemsyn’s Elite Kernel, que permite aumentar o clock da CPU do dispositivo para 1,8 GHz. Segundo o site Android Community, essa marca deve ser batida em breve por uma nova versão do software, que se mostrou capaz de quebrar a barreira dos 2 GHz em alguns testes realizados.

Melhorando o desempenho do Nexus

Até o momento, o rootkit não foi liberado para download por ainda apresentar alguns problemas de desempenho, situação que deve ser resolvida em breve. Embora realizar esse tipo de modificação no aparelho não influencie muito na realização de atividades cotidianas, essa atitude se mostra bastante atrativa para quem costuma rodar jogos pesados no aparelho.

(Fonte da imagem: Reprodução/Android Community)

Lembre-se somente de que modificar o software-padrão do Nexus 7 pode fazer com que você perca totalmente a garantia do aparelho. Dessa forma, só faça o overclock de seu tablet caso esteja ciente de que tal atitude viola os termos estabelecidos pela Google — além disso, há a possibilidade de que processos do tipo danifiquem permanentemente o gadget.

Fonte: Android Community

Cupons de desconto TecMundo: