A virada do século 20 para o 21 foi uma época de mudanças muito radicais entre as famílias no mundo todo. As diferenças entre as gerações diminuíram consideravelmente e aquele abismo que havia no relacionamento entre pais e filhos encolheu bem.

Talvez seja por isso que, em vez das joias da vovó ou do relógio do vovô, o que os pais querem deixar para seus herdeiros hoje em dia são recomendações de bons desenhos animados para serem vistos. Numa pesquisa feita no mundo todo pelo serviço de streaming Netflix, que exibe uma porção de títulos antigos que fizeram a alegria dos sábados de manhã nos anos 1980 e 1990, 75% dos entrevistados do sexo masculino afirmaram se sentirem criança novamente ao rever as animações.

Já 76% deles disseram que as lições de vida e os valores daquela época são o que mais importa na qualidade dos desenhos animados. De qualquer forma, um total de 85% afirmou que vai apresentar esse entretenimento para seus pequenos, principalmente os de heróis, como Homem-Aranha, As Tartarugas Ninja e Os Vingadores.

E as mamães?

No caso das mães, 84% delas sentem que matam a saudade quando assistem aos desenhos da infância, e o senso de familiaridade é despertado em 78% das mulheres. Na opinião delas, o favorito para se apresentar aos filhos é Os Ursinhos Carinhosos. Ao contrário dos pais, elas também fazem uma troca cultural com as crianças: 77% delas assistem às animações indicadas pelos filhos.

Os gostos, obviamente, mudam bastante de país para país, e é interessante observar as particularidades de cada lugar. Veja quais são as animações nostálgicas que deixam saudade em cada um desses lugares:

  • Estados Unidos: Inspetor Bugiganga
  • Brasil: Tom & Jerry
  • Reino Unido: DangerMouse
  • Canadá: Os Smurfs
  • França: Asterix
  • Alemanha: Píppi Meialonga
  • México: A Pantera Cor-de-Rosa

Apesar das preferências, praticamente todos esses desenhos fizeram bastante sucesso aqui no Brasil e estão disponíveis para matarmos a saudade no Netflix.

Outras curiosidades sobre o comportamento entre pais e filhos em relação ao hábito de assistir a TV foram reveladas pela pesquisa da Netflix. Veja uma lista com algumas dessas peculiaridades:

  • Estados Unidos: os pais deixam os filhos acordados até mais tarde.
  • Brasil: o maior orgulho dos pais é caprichar no lanche para a hora da TV.
  • Reino Unido: a diversão não acaba com o desenho, e pais e filhos aproveitam o tempo juntos.
  • Canadá: pai orgulhoso é aquele cujo filho gosta das mesmas animações que ele.
  • França: os franceses contam vantagem por conhecerem sempre os melhores programas para se ver (segundo eles, claro).
  • Alemanha: o melhor programa para aquela tarde tediosa é ver TV abraçado com os filhos.
  • México: quem manda são as crianças – todas têm mais posse do controle remoto que os pais.

.....

E você, tem um ou mais desenhos favoritos de infância que pretende mostrar para os seus filhos atuais ou futuros? Conte para a gente quais são!

Cupons de desconto TecMundo: