Neozelandeses e australianos que assinam o Netflix sofreram um baita susto ao longo dos últimos dias. Por conta de um erro no sistema de cobrança da plataforma de streaming, alguns clientes do serviço tiveram que pagar a mensalidade de US$ 8,99 múltiplas vezes – nos piores casos, o valor total da conta ultrapassou os US$ 200.

Visto que a maioria dos assinantes configuram o débito automático como forma de pagamento, esses valores absurdos foram retirados automaticamente dos cartões de crédito ou contas bancárias desses azarados sem suas devidas autorizações. Não demorou muito até que as redes sociais fossem inundadas de reclamações acerca do assunto.

Em um comunicado oficial, Netflix confirmou que as cobranças indevidas foram culpa de um erro no sistema interno e avisou que a empresa já está providenciando a devolução dos valores “arrecadados” erroneamente, colocando-se à disposição para sanar dúvidas de usuários que tenham se sentido prejudicados com o episódio. Até o momento, não há indícios de que o bug tenha afetado outras regiões além da Austrália e da Nova Zelândia.

Cupons de desconto TecMundo: