O conteúdo da Netflix não é o mesmo para todos os países. Por conta disso, alguns usuários usam VPN (Virtual Private Network ou, em português, Rede Virtual Privada) para assistir aos filmes e às séries que não estão disponíveis na região da qual estão acessando.

Porém, apesar dos esforços do serviço de oferecer o mesmo conteúdo para todos os assinantes, independentemente da localização, isso ainda é apenas um plano. E o uso de redes virtuais é desencorajada pela Netflix, a ponto de os termos de uso do serviço terem mudado para incluir uma cláusula que fala sobre isso.

Uso inadequado do serviço

O trecho foi avistado por um usuário um usuário do Reddit identificado apenas como CrypticCraig. Segundo o contrato, “A Netflix poderá encerrar ou restringir seu uso do serviço sem indenização ou aviso prévio se houver suspeita de (i) infração de qualquer dos presentes Termos de uso ou (ii) envolvimento com uso ilegal ou inadequado do serviço.”

A questão de “uso inadequado do serviço” dá margem a uma ampla interpretação, porém, junto com a cláusula 6C, onde a empresa especifica a região de acesso dos usuários, isso pode ser entendido como um possível bloqueio do serviço pelo simples uso de VPN.

Claro que o interesse da Netflix ao especificar essa questão nos termos de uso é muito mais para se proteger de um processo dos estúdios que sair em uma caça às bruxas contra os usuários. Porém, é algo para ficar de olho caso você use VPN com frequência para acessar o conteúdo da Netflix de outros países.

Cupons de desconto TecMundo: