O sistema de streaming de filmes e séries Netflix tem duas notícias — uma boa e outra nem tanto. A positiva é que um acordo entre a empresa e a Canonical confirmou uma função pedida há algum tempo.

A partir de agora, o Ubuntu suporta de forma nativa o Netflix na versão 37 do Chrome. Os assinantes do serviço só precisam do navegador e das atualizações 12.04 LTS, 14.04 LTS ou superior para começar a sessão de cinema em casa. Vale lembrar que há um mês gratuito de testes para quem ainda não possui uma conta na ferramenta.

Preço subindo?

Já a outra notícia é sobre as resoluções oferecidas pela Netflix. Aparentemente, os testes realizados com a adição do 4K em alguns conteúdos foram um sucesso, o que significa que a qualidade de imagem deve ser mesmo adotada no serviço, especialmente em lançamentos. Porém, os pontos positivos param por aí, porque isso significa também um aumento de preço.

Segundo o HD Guru, que conversou com um porta-voz da empresa, para novos assinantes nos Estados Unidos, o preço de quem deseja as transmissões em 4K (chamado por eles de Ultra HD) aparentemente subiu de US$ 7,99 para US$ 11,99.

Para novos assinantes no Brasil, o sistema Ultra HD com a possibilidade de assistir em quatro telas ao mesmo tempo custa R$ 26,90 por mês, enquanto o plano de duas telas com HD é R$ 19,90. Até agora, a Netflix não anunciou oficialmente os reajustes.

Cupons de desconto TecMundo: