Há alguns dias, nós tivemos a oportunidade de visitar a sede do Netflix que fica na cidade de Los Gatos, na Califórnia, bem na região do Vale do Silício. Em uma rápida passeada pelos corredores do campus da empresa, pudemos conferir como funciona a companhia que mudou o modo como nós assistimos filmes por streaming.

Assim como a maioria das empresas presentes no Vale do Silício, os prédios do Netflix são bastante espaçosos, com muitas plantas por todo lado. Logo na entrada já somos recepcionados com um carrinho de pipocas: quem quiser pode se servir à vontade.

Como é o local de trabalho

Outra tendência das empresas de tecnologia localizadas no Vale do Silício é a liberdade que os funcionários têm para realizarem suas tarefas; e no Netflix isso não é diferente. Lá, todos possuem bastante liberdade para organizar suas mesas e tudo o que precisam para trabalhar. Alguns trabalham até mesmo deitados – passam o dia assistindo a filmes e séries para testar versões de aplicativos.

O escritório também é dividido em vários setores diferentes, assim como qualquer outra empresa. Setores administrativo, comercial e marketing dividem espaço com programadores e outros desenvolvedores. Cada um no seu lugar, mas todos no mesmo prédio. O ambiente é bastante colaborativo, ou seja, é comum as pessoas participarem umas dos trabalhos das outras.

A decoração, em geral, é bastante influenciada pelo tema “entretenimento”. Os corredores do prédio são todos decorados com temas referentes à empresa, principalmente pôsteres de séries produzidas pelo Netflix.

Alguns lugares também mostram quadros com estatísticas da empresa, como esse da imagem abaixo que apresenta o crescimento acelerado do serviço em poucos anos, que disparou mundo a fora. Em certos pontos, também é possível encontrar pelas paredes mapas dos setores dos prédios: ideal para novatos ou visitantes não se perderem lá dentro, pois tudo é muito grande.

Pelos corredores do prédio, chegamos até a área de desenvolvimento do Netflix Kids, o serviço de streaming direcionado para os pequeninos. Além de uma decoração mais divertida, existem cadeiras, brinquedos e todo um ambiente voltado às crianças.

Quem trabalha no Netflix pode levar seus animais de estimação para o trabalho. É claro que eles precisam ser comportados, mas é perfeitamente possível deixar seu pequeno amigo ao lado da sua mesa enquanto você trabalha.

A parte externa da companhia também é muito bonita, com um enorme espaço aberto com mesas, cadeiras e até mesmo um chafariz para decorar o ambiente. Como a temperatura na Califórnia é quase sempre estável, é comum ver pessoas trabalhando do lado de fora da empresa.

Somente neste endereço trabalham cerca de mil pessoas. Há outras sedes espalhadas pelos Estados Unidos, como um escritório em Beverly Hills com cerca de quatrocentos funcionários. E a empresa não para de crescer: ao lado dos prédios que visitamos, dois novos edifícios estão sendo construídos.

Interação entre os colegas e os novatos

Como o Netflix cresce rapidamente, é normal que muitos novos funcionários passem a fazer parte da família todos os anos. E a empresa tem uma política de integração bem curiosa: em algumas ocasiões do ano, mais precisamente a cada trimestre, todos os novos funcionários devem participar de uma apresentação, um teatro, como forma de se integrar aos demais colegas

Todas as fotos desses eventos são expostas em um mural para quem quiser ver depois. É claro que ninguém é obrigado a fazer isso, mas poucas pessoas deixam de participar da festa. Afinal de contas, tudo é muito divertido.

Sala de testes

Um dos motivos do sucesso do Netflix é o funcionamento do sistema. Para garantir que nada dê errado (ou que os problemas sejam minimizados), existe um laboratório de testes que monitora a rede de transmissão em busca de falhas.

A equipe responsável também analisa uma série de falhas que podem surgir em aplicativos e tenta corrigir tudo o mais rápido possível para que você possa chegar em casa depois de um dia de trabalho, ligar o seu Netflix e assistir a um filme sem complicações.

Se algum bug surgir no software do PlayStation 3, por exemplo, é aqui que a equipe do Netflix tenta descobrir o que pode estar acontecendo e trabalha em uma solução para o problema.

Outro local importante é a famosa sala com espelhos, em que voluntários participam de grupos de foco, testam aplicativos e novos programas desenvolvidos pelo Netflix. Por trás de espelhos eles são observados e, dessa forma, é possível medir que tipo de produto agrada mais ao público. É claro que todos que participam dessas pesquisas sabem que estão sendo vigiados.

Outra informação interessante sobre o serviço é que as novas tecnologias, quando chegam até nós, já foram extensamente pesquisadas pelo pessoal técnico. Tudo que é novidade para nós foi desenvolvido há vários anos pela equipe. Enquanto o 4K ainda nem se popularizou, já existem protótipos trabalhando com o 8K, por exemplo.

Comida, bebida, diversão e arte

Em muitos lugares da empresa, é possível encontrar cozinhas com geladeiras, armários e estoques de comida de diversos tipos diferentes, além de muito café — bebida indispensável em uma empresa de tecnologia —, refrigerante, água e sucos. Tudo à vontade para quem quiser. É claro que tudo sem desperdícios.

Cinema particular

Dentro da sede da empresa existe uma grande sala de conferência que serve para reuniões quando é preciso juntar todos os funcionários em um único lugar. Nessa sala também são exibidos os episódios inéditos das séries produzidas pelo Netflix em primeira mão. Sabe aquela première de uma série que você viu ontem logo que foi ao ar? Os funcionários do Netflix já viram, e foi nessa sala.

Curiosamente, o número de funcionários aumentou tanto que essa sala está um pouco pequena; não cabe mais todo mundo lá dentro, pelo menos não ao mesmo tempo.

Máquina de eletrônicos

Outra moda comum em empresas de tecnologia nos Estados Unidos são essas máquinas de “venda” de eletrônicos, em que é possível pegar cabos de dados para celulares, fones de ouvidos e até mesmo aparelhos como tocadores de música ou celulares sem precisar pagar por nada.

Contudo, a máquina mostra o preço de cada um desses produtos para que os funcionários saibam o valor de cada um dos itens e não existam desperdícios. As pessoas precisam de um fone de ouvido e nunca levam mais de um embora, pois eles entendem que não devem pegar mais do que precisam e que isso tem um custo para a empresa.

Às sextas-feiras, trabalhe em casa

O Vale do Silício é um lugar repleto de empresas de tecnologia e condomínios tranquilos para morar. Mas como muitas das pessoas que trabalham por lá são jovens e gostam de agitar nos finais de semana, eles preferem ir para outros locais, como São Francisco, curtir as festas. É por isso que no Netflix é permitido trabalhar de casa às sextas-feiras.

Dessa maneira, quem mora em São Francisco, por exemplo, não precisa fazer uma viagem de volta para casa depois do expediente.

Cupons de desconto TecMundo: