(Fonte da imagem: Divulgação/Netflix)

O Netflix está cheio de motivos para comemorar. Após ter duas de suas produções originais – “House of Cards” e “Arrested Development” – acumulando 14 indicações ao Emmy, o serviço de streaming comemorou agora a marca de 38 milhões de assinantes em todo o mundo. E as notícias são boas até mesmo no Brasil, onde funciona a quase dois anos.

Apesar de não ter divulgado números específicos sobre o nosso país, o Netflix afirma que o número de novos assinantes cresce a cada mês. O sucesso é tanto que a empresa não crê mais em uma queda considerável no número de membros após o recente aumento da assinatura, que subiu de R$ 14,99 para R$ 16,90 em abril.

O posto de país com maior número de assinantes ainda é dos Estados Unidos, que acumula 30 milhões de pessoas conectadas ao serviço. O PlayStation 3 continua sendo o dispositivo mais utilizado para assistir a vídeos em todo o planeta.

Produções originais

O sucesso do Netflix é tanto que, recentemente, a empresa passou a investir fortemente na produção de conteúdo original. É o caso, por exemplo, das séries “House of Cards”, “Hemlock Grove” e “Orange is The New Black”. Além disso, o serviço de streaming resgatou a comédia “Arrested Development” de seu cancelamento, dando uma quarta temporada a ela.

E a ideia é continuar nesse caminho. Além das confirmações de novos anos para todos os programas originais, o objetivo do Netflix é começar a trabalhar também com documentários e shows próprios. O primeiro foco são os comediantes stand-up, que devem começar a receber especiais bem em breve.

Cupons de desconto TecMundo: