(Fonte da imagem: Divulgação/Netflix)

Com um prêmio de US$ 100 mil em dinheiro, o Netflix Cloud Prize desafia desenvolvedores em todo o mundo a darem o melhor de si para aprimorar a usabilidade, qualidade, confiabilidade e segurança de recursos de computação em nuvem. Os trabalhos enviados serão julgados por um painel de especialistas e devem estar disponíveis ao público em geral.

"A computação em nuvem se tornou um tópico muito importante recentemente, mas a tecnologia ainda é emergente," disse Neil Hunt, chefe de produto da Netflix. "Sem dúvida, muitas das principais ideias que desenvolverão a computação em nuvem e a levarão para níveis mais altos ainda não foram concebidas, exploradas e desenvolvidas. O Netflix Cloud Prize foi criado para atrair a atenção e o foco das mentes mais inovadoras para criar avanços que levarão essa tecnologia para níveis ainda mais altos", concluiu.

O Netflix Cloud Prize é dividido em 10 categorias, que oferecem prêmios de US$ 10 mil cada uma, julgadas por um painel independente de pioneiros importantes da tecnologia, incluindo o Chefe de Tecnologia (CTO) da Amazon, Werner Vogels; o cientista-chefe da Thoughtworks, Martin Fowler; o estrategista Simon Wardley; o vice-presidente sênior da Telx, Joe Weinman; o especialista em treinamento de desenvolvedores da Universidade de Aarhus, Aino Corry; e o vice-presidente de Cloud da Netflix, Yury Izrailevsky.  

O período de inscrição vai de 13 de março de 2013 a 15 de setembro de 2013. Os vencedores serão anunciados em outubro e os prêmios serão apresentados na conferência Amazon Web Services (AWS) Re:Invent em novembro. Todos os vencedores serão chamados para participar da conferência em Las Vegas como convidados da Netflix.

Cupons de desconto TecMundo: