Olá, amigo. Tenho notado que você que tem andado inseguro nos últimos dias. Embora você tenha um vasto conhecimento de aspectos da cultura pop e passe a maior parte do seu tempo em função da tela de um computador, ainda assim você não está tão certo quanto a assumir o seu verdadeiro lado nerd. E isso me incomoda.

Tantas pessoas por aí tentando parecer descoladas, originais e você com todo esse potencial sendo desperdiçado, se escondendo pelos cantos, com vergonha de assumir o que você realmente se tornou. Grandes poderes trazem grandes responsabilidades. E, se conhecimento é poder, você deveria ser grato por tudo o que adquiriu ao longo de todas aquelas noites em claro vendo filmes ou lendo HQs.

Cansei de tanta ingratidão. Nesta sexta-feira 13, decidi fazer algo diferente. Decidi mostrar a você o quanto suas atitudes estão erradas. Por isso, preparei algumas provas e desafios para que você reflita o quanto está se afastando do seu verdadeiro caminho.

Você não quer mais ser um nerd? Acha que nada do que aprendeu na vida valeu a pena? Então me prove que parte da sua vida foi em vão. Hoje eu quero jogar um jogo. Você quer viver ou morrer? Faça a sua escolha.

Primeiro desafio: você não fala sobre ser nerd

Você é nerd de verdade?

Ingrato. Eu deveria humilhá-lo perante todos os seus amigos, mas não farei isso. Ainda não. Espero que você esteja vivo no final deste texto para que possa sofrer e refletir sobre todas as atitudes erradas que você tem tomado. Não pense que não sei o que você faz entre quatro paredes. Eu sei tudo, eu vejo tudo.

Posso até ver você diante do computador, com os ombros arcados lendo com atenção este texto agora. Você sabe que está errado. Sabe que algo está prestes a acontecer. Mas ainda não sabe o que irá acontecer. E isso o deixa angustiado, tenso. Você quer fugir, não quer encarar os fatos. Mas algo mais forte do que você o prende a mim. Você irá comigo até o final. Ainda que o preço seja alto demais a pagar.

Tenho notado que você tem vergonha de se assumir nerd. Numa discussão sobre animes, você é o primeiro a falar o nome de todos os Pokémons e citar em quais episódios cada um deles apareceu. Quando o assunto é cinema, você sabe o nome do diretor, dos atores e o ano em que foi feito aquele drama alternativo romeno da década de 70. Mas basta que alguém lhe aponte o dedo e diga “Você é nerd” para que você se sinta acuado.

Você tem coragem de negar que não é? Você tem coragem de não assumir as suas nerdices apenas porque não quer ser vinculado ao estereótipo do cara que sabe sobre tudo, mas que não consegue sequer trocar duas palavras com alguém do sexo oposto. Até quando você vai se submeter a isso? Afinal, você é nerd ou não é? Eu duvido que você não seja.

Meu primeiro desafio para você é o seguinte: você consegue passar uma semana sem ler uma HQ, sem ver um filme ou sem ver um episódio de sua série favorita? Você consegue apagar da sua memória por completo ou deixar de fazer alguma referência a todos aqueles desenhos que você viu e gadgets que sonhou comprar? Se você sobreviver ao desafio, prepare-se para a segunda prova.

Segundo desafio: pratique o desapego

Ser nerd é muito mais do que passar o dia todo diante do computador. Ser nerd é provar ao mundo que o seu estilo de vida, embora possa não agradar a todos, é o que mais agrada a você. E estar em paz consigo mesmo é algo que não tem preço. Aliás, o preço que você vai pagar é alto caso você não pratique o desapego.

Calma, não vou sugerir que você me faça doações. Não quero nada do que é seu, longe disso. O que quero mostrar é que você pode ir muito além daqueles arquivos amontoados em seu computador, que você tem o maior medo de perder, mas que de fato nunca terão utilidade alguma em sua vida. Você se tornou um amontoador de lixo e tenho vergonha de você por isso.

Meu novo desafio fará você praticar o desapego a toda essa tralha que você guarda e chama de “backups importantes”. Antes de tudo, um aviso. Se você realmente está com medo, a hora de fugir é agora. O teste que vou apresentar vai provocar, de fato, danos irreversíveis ao seu computador, por isso pense muito bem antes de continuar.

O que proponho a você é jogar uma partida do game Lose/Lose. Ele funciona da seguinte forma: trata-se de um jogo de tiro, onde você controla uma espaçonave e deve matar o maior número de inimigos possíveis. O grande desafio é o seguinte: cada nave inimiga é, na verdade-, um arquivo do seu computador. O jogo não faz distinção entre formatos.

Ou seja, abater uma nave inimiga significa deletar permanentemente o arquivo do seu computador, sem volta. Caso sua nave seja danificada, o jogo é apagado de uma vez por todas. Quanto mais pontos você fizer, mais você perde. Vai encarar a batalha? Então clique neste link para baixar o game diretamente do site do desenvolvedor. Preço caro para pagar pela liberdade, não é mesmo? Mas quem disse que seria fácil?

Terceiro desafio: o enigma de Bill

Tela azul da morte no Windows

Se você chegou a este ponto do texto e seu computador ainda está funcionando corretamente, é provável que a sua coragem e ousadia tenham sido recompensadas. Mas isso não significa que você está salvo. Não se você utiliza como sistema operacional qualquer uma das versões do Microsoft Windows.

Não estou dizendo que o sistema de Bill Gates é melhor ou pior do que qualquer outro. Na verdade, não existem sistemas piores ou melhores, apenas sistemas melhores ou piores para você. Mas, presumindo que você pertence à grande maioria dos usuários que conta com o sistema da Microsoft em sua máquina, é provável que, após deletar alguns arquivos aleatoriamente, algum problema possa acontecer em breve.

Quantas vezes na sua vida você já enfrentou a famigerada tela azul do Windows? Se a sua resposta foi “várias”, é possível que você não sinta tanto medo assim. Se você nunca a enfrentou, desculpe, mas você não pode dizer ainda que é um nerd de verdade. Mesmo que você esteja em dúvida se deve assumir ou não essa personalidade, é hora de enfrentar a temida tela.

Mas, em vez de esperá-la aparecer, o meu desafio é que você force uma tela azul. Sim, isso mesmo, você tem apenas 5 minutos para descobrir como forçar uma tela azul em seu computador. Nada de truques como utilizar o screensaver BlueScreen. Quero que você force uma tela azul em seu computador e conte nos comentários qual procedimento utilizou para conseguir isso. É possível e, se você é um nerd de verdade, vai descobrir.

Nem preciso dizer que um procedimento como esse não é nada recomendável para o seu computador. Por isso, tenha em mente que você fará isso por sua conta e risco. Meu único objetivo aqui é confrontá-lo com a sua personalidade, de forma que você demonstre ser quem realmente é. Não tenha vergonha de assumir que você é um verdadeiro nerd.

Morrer na dúvida ou viver na certeza. Faça a sua escolha!

Mate os seus medos de uma vez por todas. Hoje é o dia!

Sexta-feira, 13 de maio de 2011. Quero que esse dia fique marcado em sua memória como o dia da libertação. Em 13 de maio de 1888, há exatos 123 anos, a Princesa Isabel assinava a Lei Áurea, que extinguia a escravidão no Brasil. Hoje, 123 anos depois, pode ser o seu dia de declarar independência de tudo aquilo que você é e não tem coragem de assumir.

É hora de se livrar da dependência do computador e assumir que, mesmo sem ele, você é capaz. É chegado o momento de se colocar diante do espelho e, diante da vida, e se assumir para o mundo: sou nerd, com muito orgulho! Prove-me que merece pertencer ao meu seleto grupo e eu lhe deixarei viver. Ou melhor, vivo você continuará de qualquer forma.

O que você precisa decidir é se conseguirá sobreviver a uma vida de mentiras e incertezas. Vale a pena continuar assim? Tenho certeza de que não. Que tal abraçar uma verdadeira vida de nerd, com todos os benefícios e o conhecimento que o estilo de vida permite, e ainda mostrar ao mundo que ninguém pode ser tão especial quanto você?

Eu quero jogar um jogo. Seu computador e a vida que você levou até hoje estão risco. Você vai encarar o meu desafio ou mais uma vez vai se esconder debaixo da cama com medo de tudo e de todos? Fui duro com você? Desculpe, você ainda não viu nada. Viver ou morrer, faça a sua escolha. Eu quero jogar com a sua vida!

.....

Atenção: este artigo faz parte do quadro "Erro 404", publicado semanalmente às sextas-feiras no Baixaki e Tecmundo com o objetivo de trazer um texto divertido aos leitores do site.

Cupons de desconto TecMundo: