Você já notou que a Mozilla lança uma versão nova do Firefox a cada seis semanas? A empresa faz isso com o objetivo melhorar o desempenho do navegador e principalmente da sua segurança. Com essa variedade de opções disponíveis, você quer saber qual é a melhor alternativa, certo? Vamos explicar brevemente quais as principais diferenças entre elas para que você possa fazer a escolha certa!

Nightly: a opção “noturna” para quem quer contribuir com ideias

Diferente das demais versões, o Nightly é atualizado diariamente e reflete o estado atual do código-fonte. Essa opção é destinada para quem pretende ou precisa contribuir com o desenvolvimento da plataforma. O acesso às ferramentas que estão sendo desenvolvidas é o principal atrativo para quem se interessa pelo aprimoramento do Firefox.

Mas calma lá! Os usuários do Nightly podem esperar por alguns travamentos durante a utilização, além de bugs e complementos incompatíveis. Você pode baixar o Nightly rapidamente clicando aqui!

Aurora: a versão pós-Nightly

O Firefox Aurora é destinado para desenvolvedores e early adopters que se interessam pelo acesso antecipado de novos recursos. É através do feedback dos usuários que a Mozilla vai determinar quais recursos vão estar presentes na versão Beta. A versão Nightly torna-se Aurora depois de 6 semanas de desenvolvimento ativo.

Assim como na versão noturna do navegador, alguns bugs e a incompatibilidade com certos complementos podem deixar a experiência de testes um pouco frustrante. O download na versão Aurora pode ser realizado através do Baixaki clicando aqui.

Beta: onde os experimentos são colocados em prática

Após o ciclo de 6 semanas do Aurora, a Mozilla coloca em prática tudo aquilo que foi testado nos ciclos anteriores. A versão de testes é destinada para early adopters e fãs do navegador.

Diferente do Nightly e Aurora, a quantidade de bugs é muito menor, mas a incompatibilidade com alguns complementos pode ocorrer. O download do Firefox Beta pode ser feito clicando aqui!

Firefox: o fim do ciclo e a versão final

Após o ciclo de 6 semanas chegar ao fim, a versão de testes passa a ser um novo Firefox – a atualização é liberada para todos os usuários. O browser é indicado para os mais de 400 milhões de internautas espalhados pelo mundo. Sem bugs e muito estável, possui um desempenho invejável e muitas opções de customização. O Firefox está disponível para download clicando aqui!

Vários Firefox simultaneamente

Se você deseja executar diferentes versões do Firefox de uma só vez, então é preciso criar um novo perfil para que as configurações atuais fiquem intactas. Para ter acesso ao gerenciador de perfis, clique no botão de pesquisa do Windows e escreva firefox.exe –p –no-remote (nos sistemas operacionais OS X e Linux use o terminal).

Assim que você acessar a janela “Perfil de usuário”, uma conta já vai estar cadastrada – criada automaticamente na primeira execução do Firefox. Clique no botão “Novo Perfil” para que os seus dados anteriores não sejam modificados. É possível voltar para o antigo perfil utilizando o comando firefox.exe –p ou selecionando o perfil manualmente no “Perfil de usuário”. 

Agora, diferentes versões do Firefox poderão ser executadas, já que você possui dois ou mais perfis distintos. Quando um Firefox estiver rodando, inicie o outro com o parâmetro –p –no-remote.

Se você não quiser repetir todo o processo, basta copiar o atalho do Firefox, colar na “Área de trabalho” e clicar com o botão direito em “Propriedades”. Depois disso, tire as aspas que estão preenchendo a opção “Destino” e acrescente –p –no-remote como mostrado na imagem abaixo. 

Agora você já sabe quais são as principais diferenças das versões do Mozilla Firefox e como executá-lo com diferentes perfis. Divirta-se!

Cupons de desconto TecMundo: