De acordo com um comunicado publicado no site oficial da própria agência, a NASA realizou, no fim do mês passado, os primeiros testes de um sistema que promete revolucionar o cenário da aviação. Em parceria com o Laboratório de Pesquisas da Força Aérea dos Estados Unidos, o instituto desenvolveu uma nova tecnologia que visa substituir os flaps, aquelas peças móveis localizadas na asa dos aviões e que mudam de posição de acordo com a necessidade do piloto.

A NASA propõe substituir essas peças por uma asa cuja superfície é flexível, sendo capaz de mudar de formato livremente durante o voo. Como você pode conferir na imagem que abre esta notícia – a única foto do projeto divulgada pela agência –, a asa possui um design diferenciado e curioso, com pontas que lembram muito um sistema de molas. Os pesquisadores apelidaram essa tecnologia peculiar de Adaptive Compliant Trailing Edge (ACTE).

A expectativa é que o sistema consiga melhorar a aerodinâmica dos aviões, permitindo que eles viagem com maior velocidade usando menos combustível. Além disso, asas fabricadas com a tecnologia são mais leves do que aquelas dotadas de flaps. A NASA pretende fazer mais testes do ACTE antes de divulgar maiores informações sobre a tecnologia, testando diferentes ângulos da asa durante uma viagem – no voo de estreia, as partes flexíveis foram travadas em apenas uma posição durante todo o percurso.

Cupons de desconto TecMundo: