Satélite WISE antes do lançamento. (Fonte da imagem: Divulgação/NASA)

A agência espacial norte-americana tinha completado a Missão WISE em 2010, um escaneamento feito com sensores infravermelho para detectar e catalogar asteroides no espaço próximo da Terra, desativando assim o satélite responsável pelo trabalho duro. Agora, com o surgimento do interesse em mineração espacial, a NASA resolveu colocar o equipamento novamente na ativa, voltando a escanear o universo à procura de boas oportunidades.

Em sua missão original, o satélite da NASA chegou a encontrar mais de 33,5 mil asteroides vagando nas proximidades do nosso planeta. Pouco mais de 10 desses corpos celestes tinham chances de se tornarem ameaças.

O WISE agora deve acompanhar a rota de asteroides que possam representar alguma oportunidade de mineração e calcular suas rotas para avaliar a viabilidade de uma possível missão ao encontro deles.

Cupons de desconto TecMundo: