(Fonte da imagem: Divulgação NASA)

Cientistas da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, estão entusiasmados com as recentes descobertas feitas pelo telescópio espacial Kepler. A sonda tem detectado vários sinais eletromagnéticos diferentes, e muitos deles produzem padrões que poderiam ser caracterizados como emissões vindas de planetas habitados por vida inteligente.

Agora, os pesquisadores precisam trabalhar com os mais de 50 terabytes de dados recebidos para determinar se o sinal realmente poderia se encaixar como uma emissão alienígena, e não como interferências vindas da Terra.

Esta não é a primeira vez que o SETI, uma organização especializada em procurar formas de vida extraterrestres, faz este tipo de descoberta, mas os sinais de radiofrequência detectados anteriormente sempre eram ecos de transmissões terrestres ou emissões radioativas vindas de estrelas do tipo pulsar.

Cupons de desconto TecMundo: