Material mais escuro que o preto já está sendo testado pela NASA

1 min de leitura
Imagem de: Material mais escuro que o preto já está sendo testado pela NASA
Avatar do autor

(Fonte da imagem: Reprodução/NASA)

A NASA havia divulgado, há alguns meses, que estava estudando formas de criar uma tinta que fosse mais escura do que a mais preta que existe atualmente. O processo envolve a utilização de nanotubos de carbono, capazes de absorver muito mais luz do que qualquer outra tecnologia conhecida atualmente.

Os testes mais recentes mostraram que as pesquisas estão gerando resultados animadores. Os nanotubos de carbono conseguem absorver até 99% dos raios luminosos desde o infravermelho até o ultravioleta. A tecnologia deve ser aplicada sobre câmeras espaciais, evitando que a luz existente interfira na captura de imagens.

Agora, a NASA voltou a tocar no assunto para dizer que os testes com o novo material estão apresentando resultados promissores. De acordo com a agência espacial norte-americana, entre o ultravioleta e o visível são bloqueados 99,5% dos raios de luz. Já entre o infravermelho e o visível, há 98% de eficiência.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Material mais escuro que o preto já está sendo testado pela NASA