A Nasa pode começar logo a utilizar veículos com feixes de laser capazes de coletar partículas. Para isso, três cientistas receberam um financiamento de 100 mil dólares cada para desenvolverem uma técnica eficiente, que seja capaz de recolher partículas no espaço e enviá-las para a terra.

Em laboratório já é possível fazer com que o laser mova partículas e até mesmo as aprisione. Embora a ideia de coletar detritos dessa forma já seja famosa em filmes, como Jornada nas Estrelas, é a primeira vez que a Nasa pretende utilizá-la na vida real.

Segundo o comunicado à imprensa liberado pela agência espacial americana, “Mesmo sendo algo popular em filmes de ficção cientifica, principalmente em Jornada nas Estrelas, coleta através de raios laser não é fictício ou além das tecnologias atuais”, disse Paul Stysley.

A ideia original dos cientistas era o de utilizar a técnica para limpar o espaço do lixo que continua a acumular. Contudo, coletar materiais grandes ainda é impossível. Dessa maneira surgiu a ideia de utilizar a técnica para recolher amostras em viagens espaciais.

Das três maneiras que estão sendo estudadas para aplicar o resultado desejado, duas delas já reportaram algum sucesso, enquanto a terceira ainda está em fase de planejamento. No vídeo presente no inicio desta matéria podemos ter uma ideia de como a tecnologia irá funcionar. 

(Fonte da imagem: Divulgação Nasa)

A imagem acima também demonstra o uso em sondas espaciais. O aparelho coleta o material na superfície (raio verde) e então o envia para uma central que esteja em órbita (raio vermelho).

Cupons de desconto TecMundo: