(Fonte da imagem: NASA)

Em um futuro próximo, os astronautas precisarão de treinamento em mais duas áreas: gastronomia e jardinagem. Isso porque aqueles que forem viajar para Marte terão que plantar e cozinhar seus alimentos para poderem sobreviver.

Se você está pensando que a solução mais simples seria mandar mais comida na espaçonave, basta observar os números divulgados pela NASA, no site do msn.com: se em um voo normal são levados 1,7 kg de alimentos por passageiro para cada dia, seriam necessários mais de três toneladas de mantimentos na viagem de cinco anos até o planeta vermelho.

De acordo com Maya R. Cooper, pesquisadora sênior do laboratório de sistemas de comidas espaciais, “isso é um impedimento claro para vários cenários de missão”. Não apenas isso, mas manter o peso, a nutrição e a variedade da comida também são os maiores problemas do caso. Por isso, a melhor resposta seria a criação de uma “cozinha jardim” onde os astronautas poderiam cultivar alimentos, ao mesmo tempo em que produzem mais oxigênio para a nave.

Entre as plantas que estão na lista de possível cultivação estão, os dez que melhores candidatos são: alface, espinafre, tomate, cebola, rabanete, pimenta, morango, ervas e repolho.

Embora essa possibilidade seja a que tem mais chances de ocorrer, Cooper diz que a NASA também pode enviar uma nave não tripulada cheia de alimentos não perecíveis antes do lançamento do ônibus espacial com os astronautas.

Cupons de desconto TecMundo: