Fonte da imagem: Divulgação / UC Berkeley

Pesquisadores da universidade de Berkeley, na Califórnia, criaram um tipo de semicondutor nanolaser (os chamados spasers) que promete fazer parte de novas tecnologias em alguns anos. O grande diferencial no projeto de Berkeley é que ele suporta a temperatura ambiente sem qualquer problema.

Até agora, spasers só poderiam ficar em ambientes com temperatura inferior a 250° C, o que impedia sua aplicação comercialmente. O projeto é um grande avanço para a nanotecnologia e abre portas para que o laser seja integrado em chips eletrônicos.

Isso permite que sejam criados equipamentos cada vez menores e com qualidade superior aos existentes no mercado atualmente, como sensores biométricos de alta precisão e circuitos óticos com velocidade até cem vezes maior que a atual.

Cupons de desconto TecMundo: