(Fonte da imagem: Reprodução/NIST)

Os pesquisadores do NIST (National Institute of Standards and Technology – Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia) desenvolveram um revestimento à base de nanotubos de carbono, que promete proporcionar maior resistência aos móveis compostos de espuma como colchões e sofás.

Para quem acha que os nanotubos podem afetar a maciez do travesseiro ou sofá, por exemplo, o revestimento é mais fino do que um centésimo de espessura de um cabelo humano, não interferindo em absolutamente nada na consistência do material final. Em breve você poderá cantar parabéns com o bolo cheio de velas em cima da cama ou sofá – quem em sã consciência faria isso?

O revestimento é cerca de 35% menos inflamável e pode ser mais eficaz do que outros produtos químicos com a finalidade de retardar as chamas. Mas contenha a euforia: os pesquisadores ainda não sabem ao certo se os nanotubos de carbono contêm substâncias cancerígenas.

Cupons de desconto TecMundo: