Na última sexta-feira, a cantora britânica Adele lançou seu novo disco "25". A obra era esperada por milhões de fãs, mas muitos ficaram tristes quando souberam que o lançamento não chegaria aos serviços de streaming neste primeiro momento. Se a tática foi adotada para influenciar as vendas de cópias do álbum, é preciso admitir que isso deu certo.

Somente no primeiro final de semana de vendas, o disco de Adele foi comprado por 2,3 milhões de pessoas nos Estados Unidos. De acordo com a Nielsen e com a Billboard, há grandes chances de que o disco ultrapasse os atuais recordes dos Estados Unidos. O deste ano já foi superado com folga, pois os números quase dobram a marca de 1,2 milhão de cópias vendidas por Justin Bieber (Purpose).

Como as medições são feitas com base em um período de uma semana, é quase inevitável que Adele bata os recordes estabelecidos pelo grupo NSYNC. Em 2000, o álbum "No Strings Attached" teve 2,416 milhões de cópias vendidas e é bem possível que o "25" da cantora britânica ultrapasse isso nos próximos dias. Será que ela vai atingir mais esta marca?

A Adele errou ao não lançar seu novo disco em serviços de streaming? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: