Embora os smartphones tenham destruído o mercado dos MP3 players, ainda há empresas que apostem em dispositivos desse tipo. No entanto, agora eles surgem de forma mais especializada e tentam conquistar o público que faz questão de ouvir faixas em alta qualidade — justamente o objetivo do XDP-100R, anunciado esta semana pela Pioneer.

Anunciado na IFA deste ano, o produto apresenta um corpo angular com acabamento em alumínio e deve custar salgados US$ 700 — valor que ainda fica abaixo dos US$ 1.119 cobrados pelo Walkman mais poderoso da Sony. Segundo a companhia, a novidade é construída “para aqueles que sentem que os smartphones não oferecem qualidade sonora suficiente”.

Baseado no Android, o dispositivo é compatível com formatos como FLAC, MQA e ALAC e trabalha com duas placas lógicas: uma para tarefas normais e outra para os componentes de áudio. A novidade possui um display de 4,7 polegadas com resolução 720p, um par de entradas para cartões micro SD de até 128 GB (a memória interna é de 32 GB) e uma bateria que promete até 10 horas de reprodução em alta qualidade.

Assim como acontece com o produto da Sony e o Pono, produto apoiado por Neil Young, a novidade da Pioneer deve ficar restrita a um nicho muito específico de consumidores. Até o momento, ainda não há previsão de quando o gadget deve chegar aos Estados Unidos, pode ser lançado no Japão até o final de novembro.

Cupons de desconto TecMundo: