O Grande Colisor de Hádrons (LHC) não é mais apenas o palco de algumas das maiores descobertas científicas da atualidade. Agora, o mais avançado laboratório do mundo serve também como tablado a músicos excêntricos e “exploradores”.

Sob o nome de Ex/Noise/CERN, a iniciativa liderada pelo pesquisador James Beacham tem o objetivo de “inspirar a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear por meio de improvisos [feitos por bandas] em meio aos equipamentos da CERN”.

A barulheira que, aos ouvidos de Beacham, pode criar aforismos foi feita pela banda indie Deerhoof. “A curiosidade musical é semelhante à curiosidade científica, e Deerhoof me inspirou tanto quanto Einstein”, diz o idealizador do projeto.

Para Beacham, o grupo é “explorador”, e “esse senso de exploração é o que você sente no ar da CERN agora”. E é verdade. A banda Deerhoof de fato explorou alguns horizontes ali – vale ouvir, por exemplo, a sonoridade particular do baixo quando emparelhado aos ímãs do acelerador. Se os jovens chegaram a algum lugar com a sua "proposta musical gourmet", bom, aí é com o leitor.

Cupons de desconto TecMundo: