Músicos vez ou outra buscam formas diferentes de lançar seus álbuns, ou tentam inovar em algum detalhe específico. E é no segundo grupo que podemos encaixar Marilyn Manson e seu mais novo álbum, “The Pale Emperor”, que foi lançado nos mesmos discos usados para gravar os jogos disponibilizados para o primeiro PlayStation. A notícia é do site Kill Screen. 

Ao recorrer a esse modelo de disco (de policarbonato preto), o músico disponibilizou no mercado um produto mais resistente, durável e que conta com um mecanismo que dificulta a gravação de uma cópia ilegal. Entretanto, parece que nada disso interessava ao músico, já que ele estava de olho no lado estético da coisa. 

Segundo o Kill Screen, uma textura térmica foi adicionada ao disco. Por conta disso, o CD passa de um tom preto para branco por conta do aquecimento após ter suas faixas reproduzidas, voltando à cor original ao esfriar – o que certamente faz uma alusão ao nome do álbum, “The Pale Emperor”. 

Também foi mencionado que os discos foram adquiridos diretamente com a Sony, garantindo que eles viessem da mesma empresa que produziu as mídias para os primeiros jogos de PlayStation.

Cupons de desconto TecMundo: