(Fonte da imagem: Reprodução/Gizmodo)

Apesar do crescimento ao acesso a conteúdo midiático através da internet, o mercado de venda de CDs e DVDs de músicos brasileiros ainda detém uma grande fatia do público no Brasil. Agora, esses consumidores poderão aproveitar uma queda de até 40% no preço desses produtos.

O Congresso divulgou um decreto sobre a isenção fiscal a DVDs e CDs produzidos por artistas nacionais. Dessa forma, esses produtos ficam livres de impostos como ICMS, IOF e ISS, o que pode trazer uma redução de até 40% no valor final das mídias.

“Esse nosso mercado da música estava tão parado, tão nada... O que digo agora é que vamos acionar essa cadeia cultural produtiva da música que estava toda arrasada. Novas pessoas, novos talentos vão gravar para gente dar uma mexida no mercado. Acho que é uma questão de justiça”, disse a cantora Rosemary, que estava presente durante a sessão solene do Congresso. Juntaram-se a ela os artistas Sandra de Sá, Fagner e Rosemary, a ministra da Cultura, Marta Suplicy, os presidentes do Senado, Renan Calheiros e o da Câmara, Henrique Eduardo Alves.

Mesmo com o sucesso de serviços de streaming no país, muitos deles que disponibilizam o acervo de vários artistas brasileiros, o mercado da venda de CDs e DVDs ainda é muito grande no Brasil, representando 72% dos lucros da industrial musical no país.

Cupons de desconto TecMundo: