(Fonte da imagem: iStock)

Cedo ou tarde isso iria acontecer, não havia como evitar. Agora é oficial: as mídias digitais de música acabaram de ter o mesmo número de vendas que as mídias físicas. E, ao que tudo indica, elas devem ultrapassar os formatos em disco dentro de pouco tempo.

De acordo com o Clic Folha, Joshua Friedlander, vice-presidente de análise de dados da RIAA, declarou que “a distribuição de música em formatos digitais tomou pouco menos que a metade do mercado nos Estados Unidos, mas avança para superar os 50% pela primeira vez.”.

Friedlander também revelou um fato um tanto curioso: segundo ele, a diversificação de modelos de mídia continua aumentando, principalmente para formatos menos tradicionais. Um bom exemplo é o caso do vinil, que, mesmo “fora das prateleiras” há anos e representando apenas 2% do setor, teve um aumento em arrecadações de 34,2%.

Mesmo assim, não é preciso se preocupar em ver as mídias físicas se extinguindo do mercado; pelo menos não tão cedo. Isso porque elas ainda geram maiores lucros para as empresas, em um total de 3,3 bilhões de dólares, contra apenas 2,6 das versões digitais.

Compare Games - Os melhores preços de games no Brasil

Cupons de desconto TecMundo: