Controverso, o pau de selfie ganhou muito destaque nos últimos meses em todo o mundo. Apesar de permitir fotografias mais altas, com maior angulação e com melhor encaixe de pessoas no enquadramento, muitos consideram que o acessório está sendo usado de maneira exagerada. E alguns dos principais museus do mundo estão concordando com esse tipo de parecer.

Recentemente, o complexo de museus Smithsonian — uma das maiores instituições de arte e ciências do mundo, sendo localizado nos Estados Unidos — baniu a utilização dos paus de selfie dentro de suas instalações. Ainda na América do Norte: museus de Arte Moderna e Metropolitano de Nova York; Galeria Nacional de Arte de Washington, Getty Center de Los Angeles e Museu de Arte Contemporânea de Chicago. Todos esses baniram o acessório.

Indo para a Europa, mais banimentos. Guardas do Museu Louvre (Paris, França) foram instruídos a pedirem que todos os visitantes deixem os paus de selfie guardados. Outros dois museus franceses estão prestes a fazer o mesmo: Palácio de Versailles e Centre Pimpidou. Entre as justificativas para isso estariam possíveis ferimentos que os paus de selfie podem causar em outros visitantes, além de danos às obras expostas. Será que essa proibição virá também para o Brasil?

Cupons de desconto TecMundo: