Mesmo perdendo um pouco do espaço no mercado, o Windows Live Messenger ainda possui cerca de 300 milhões de usuários que acessam seus servidores regularmente. E pensando em ampliar suas possibilidades, a Microsoft anunciou que está liberando o acesso de algumas ferramentas ao seu serviço.

Adicionando suporte para as tecnologias XMPP e OAuth 2.0 (protocolos de serviços de mensagem), agora é possível que desenvolvedores independentes criem clientes para MSN do jeito que quiserem. Alguns programas já realizavam esse processo, mas por métodos não oficiais, sendo obrigados a “hackear” o código do software para obter acesso aos servidores.

Cupons de desconto TecMundo: