Visando tornar mais leves as imagens utilizadas na internet, a Mozilla anunciou o lançamento da versão 2.0 do mozjpeg. Segundo os criadores, ele consegue diminuir, em média, 5% do tamanho de arquivos JPEG sem comprometer a qualidade. 

A empresa fez uma parceria com o Facebook, que possivelmente possui uma das maiores coleções de fotos da rede, para testar o mozjpeg 2.0. Além disso, a companhia de Mark Zuckerberg fez uma doação de US$ 60 mil para contribuir com o desenvolvimento da tecnologia. 

“[O] Facebook apoia o trabalho que a Mozilla vem fazendo para construir um codificador JPEG que pode criar JPEGs menores sem comprometer a qualidade das fotos. Estamos ansiosos para ver os benefícios que o mozjpeg 2.0 pode trazer no que diz respeito a otimizar imagens e criar uma experiência aprimorada para pessoas que gostam de compartilhar [conteúdos] e se conectar ao Facebook”, explicou Stacy Kerkela, gerente de engenharia de software do Facebook. 

Em mensagem publicada em seu blog oficial, também foi mencionado pela Mozilla que qualquer navegador pode se beneficiar do mozjpeg 2.0. Além disso, a empresa disse que realizou estudos que comprovaram que trocar toda a estrutura da web por um formato livre mais leve, como o WebP, seria algo ineficaz.

Cupons de desconto TecMundo: