Nesta semana, três novos modelos de smartphones da Motorola chegaram aos servidores de homologação da FCC — Federal Communications Comission, um órgão dos Estados unidos que se assemelha à Anatel brasileira. Ainda não é possível dizer quais são os nomes desses aparelhos com certeza, mas as grandes expectativas são de que um deles seja o novo Moto G (2015).

Há duas possibilidades para este dispositivo. A primeira delas está no IHDT56UB1, que teria traseira removível para manter os traços de personalização já possíveis desde a primeira geração dos smartphones da linha Moto. Apesar da homologação com bandas para quase todas as operadoras, existe a informação de que ele não possui chip Wi-Fi 802.11ac — o que possui melhor alcance atualmente no mercado.

Também existe a chance de este dispositivo já mencionado ser o novo Droid, sendo que isso vem sendo especulado por causa das dimensões do aparelho. O próximo da lista é o IHDT56QG6, que pode ser uma versão exclusiva do Moto G para a operadora Sprint. Ele possui configurações de comunicação muito similares, mas traz dimensões menores do que os outros avaliados pelo FCC — sendo o mais provável Moto G (2015).

Por fim, também está sendo cogitada a chegada de um novo aparelho chamado "Kinzie" — já mencionado anteriormente em rumores. Ele será compatível com todas as operadoras e terá compatibilidade com o 802.11ac — sendo possivelmente o modelo mais avançado a ser apresentado em um futuro próximo.

Os primeiros da Lenovo

Vale lembrar que estes aparelhos são os primeiros smartphones da Motorola a serem fabricados completamente sob a tutela da nova proprietária: a Lenovo. Isso significa que é possível que vejamos algumas diferenças nos dispositivos lançados agora em relação àqueles que já estão no mercado. O que isso vai representar exatamente, só descobriremos em um futuro próximo.

O que você espera desses novos aparelhos da Motorola? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: