Nesta semana, a Motorola anunciou o lançamento de um novo smartphone chamado Droid Turbo. Além do hardware avançado, um dos grandes destaques do novo aparelho está na bateria de alta duração apresentada pela fabricante. Com 3.900 mAh, ela é uma das apostas da Motorola para o mercado neste final de ano. Mas será que essa carga oferece a autonomia desejada?

O site PhoneArena afirma que sim. Realizando testes e benchmarks, o site realizou comparações entre o novo aparelho da Motorola e outros dispositivos que se destacam no mercado internacional. Em um teste de utilização típica — no qual é testada a duração da bateria em utilizações comuns com base em execuções de scripts web —, o Droid Turbo se saiu muito bem.

Como você pode ver na imagem acima, ele apresentou resultados excelentes. Segundo os testes do PhoneArena, foram 10 horas e 42 minutos de duração da bateria. Isso significa mais de uma hora a mais de autonomia do que o antigo líder do ranking: o Sony Xperia Z3. Em comparação com o Moto X da mesma fabricante, são quase duas vezes maior duração da carga.

Também foram realizados testes para ver quanto tempo cada aparelho leva para ter a bateria completamente recarregada. Nesse aspecto, o novo Droid Turbo não ficou no topo do pódio, mas também se saiu bem. Ele precisa de 126 minutos — segundo o site já mencionado — para ter a bateria completada, pouco mais do que o Galaxy S5 (122) e o LG G3 (120).

Na comparação com outros smartphones e phablets, o Galaxy Note 4 ainda é o mais rápido para ter a carga completa. Ele faz isso em apenas 95 minutos — quase meia hora a menos que o segundo colocado. Vale lembrar que a Motorola irá realizar um evento no Brasil no dia 5 de novembro e pode ser a revelação do Droid Turbo no Brasil.

Cupons de desconto TecMundo: