(Fonte da imagem: Divulgação/Lotus)

(Relaxnews) – Quando a ficção científica se une à realidade, algumas motos ganham design futurista destoante e com tecnologia agregada jamais vista. Veja a seguir cinco desses protótipos excepcionais.

B-Rocket

A relojoaria francesa Bell & Ross apresenta a B-Rocket, uma moto espetacular, feita em colaboração com uma concessionária britânica da Harley-Davidson (Shaw Speed and Customs). Com seu design retrô, ela possui um motor Twin Cam 96 H-D de 1.584cc. A B-Rocket foi apresentada em primeira mão no Festival Automotivo Internacional de Paris, em janeiro de 2014, e está exposta na Baselworld, o encontro indispensável dos profissionais da relojoaria, de 27 de março a 3 de abril.

Kawasaki J

Foi no salão de Tóquio de 2013 que a Kawasaki apresentou esse audacioso conceito de linhas futuristas. Além de suas linhas agressivas e sua motorização 100% elétrica, a Kawasaki J se destaca sobretudo por sua capacidade de mudar de visual de acordo com as circunstâncias. Na cidade, as duas rodas dianteiras se separam e o guidão sobe. Na condição inversa, em alta velocidade, as duas rodas dianteiras se reaproximam e o guidão desce, modificando assim a posição de pilotagem: quanto mais velocidade ganha, mais se estica.

Lotus C-01

(Fonte da imagem: Divulgação/Lotus)

A nova empresa do ramo, a Lotus Motorcycles, apresenta sua primeira moto, a espetacular C-01, uma futura esportiva de pelo menos 200 cv. Esse primeiro modelo será composto de materiais nobres, como carbono, titânio ou ainda um aço normalmente utilizado em aeronaves. O modelo apresentado ainda é um protótipo, homologado para a estrada e desenvolvido pela escuderia de corridas Kodewa, dirigida por Colin Kolles, que trabalhou por muito tempo na Fórmula 1. O designer Daniel Simon, que participou da criação da moto do filme Tron, desenhou seus contornos.

Voxan Wattman

Para seu renascimento, a montadora francesa Voxan, criou um evento no Salão de Paris para a estreia mundial de sua Wattman, a moto elétrica mais potente do mundo. Desenhada por Sacha Lakic, possui um motor de 200 cv com uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,4 s. Sua comercialização está prevista para 2015.

GECO

(Fonte da imagem: Reprodução/Moto Tribus)

Igualmente apresentada em primeira mão no Salão de Paris de 2013, a GECO é obra do ex-piloto Eric Offenstadt. Apresenta-se como a primeira moto “homocinética”. Sua tecnologia inovadora visa erradicar as diferenças por vezes observadas entre a velocidade efetiva do veículo e a das ruas, para uma maior aderência ao solo. No entanto, ainda deverá participar de provas de enduro antes de servir de laboratório aos engenheiros para melhorarem a segurança dessa máquina.

Via Em resumo