Para quem está acostumado com o mundo das motocicletas, é sabido que ver uma motoca com motor de seis cilindros não é algo impossível, mas é incomum. Sendo assim, é natural que modelos com essa característica ganhem destaque sempre que aparecem.

É o caso da Midalu 2500 V6, da montadora tcheca FGR: ela levou muitos anos para ser desenvolvida, mas finalmente já está disponível para venda – isso se você tiver os € 120 mil (ou R$ 430 mil) necessário para comprá-la.

O preço exorbitante tem um motivo e começa pelo fato de que a fabricante pode customizar a geometria do quadro treliçado para o seu peso e sua altura, tudo produzido de forma manual.

O segundo ponto é o coração da moto: um V6 de 2.442 cilindradas que produz o equivalente a 200 cavalos de potência e uma quantia não divulgada (mas que deve ser monstruosa) de torque, tudo isso para movimentar pouco mais de 270 kg.

O peso é relativamente alto para uma moto com tantos elementos em fibra de carbono, como o tanque e outras 29 peças, como para-lamas e capa de escapamento (ou basicamente todos os elementos de carenagem), mas ainda assim é algo irrisório para a potência gerada pelo motor de seis cilindros.

O terceiro ponto que “justifica” o preço são os componentes de altíssima qualidade: os freios são da Brembo e o conjunto de suspensão é da Öhlins – o que coloca ela em um terreno de disputa com modelos como a Yamaha V-Max e Ducati Diavel.

Um dos únicos pontos que não foram divulgados é sobre as assistências eletrônicas que não estão presentes, como é o caso do controle de tração e o anti-wheelie, que previne que a moto empine sob aceleração forte. Tá certo que são 270 kg para serem levantados, mas com um motor desses, não dá pra dizer que é impossível.

Para quem é fã de motocicletas (e multimilionário), essa pode ser uma boa forma de transformar sua grana em diversão. A coisa toda em movimento pode ser conferida no trailer divulgado pela empresa: