Ah, a Ilha de Man: palco da corrida mais perigosa da Terra, o Tourist Trophy, que tem como cenário as estradas e ruas que atravessam os vilarejos e campos da região.

Foi esse mesmo trajeto o escolhido também pelo piloto britânico e multicampeão de moto trial Dougie Lampkin para quebrar um recorde meio maluco: percorrer o mesmo percurso de 60 quilômetros do TT... Só que com sua moto empinada.

É isso aí mesmo que você tá pensando: subidas, descidas e mais de 200 curvas que foram percorridas em apenas uma roda.

Achou fácil? Pois saiba que Lampkin teve que lidar com tráfego – já que as estradas permaneceram abertas – e com os fortes ventos, principalmente na parte da montanha, além, é claro, de ficar equilibrando sua moto durante 1 hora e 35 minutos!

Foi tudo resultado de meses de planejamento e treinamento, então é natural que Dougie ficasse extremamente aliviado depois de finalizar o desafio. “Sinto um alívio absoluto e enorme: os sete meses de planejamento, tudo que aconteceu, como o pesadelo com o clima de ontem e os ventos fortes no topo da montanha – eu estava apenas me segurando, na verdade”, explicou o piloto.

A versão curta, para você que está apenas curioso, é esta aqui:

Agora, se você tem um pouco mais de tempo, a Red Bull – que foi a parceira de Lampkin na façanha –, transmitiu tudo ao vivo e disponibilizou o vídeo de 2 horas para as pessoas conferirem e ele pode ser visto na íntegra na página da marca de energéticos.

Não é a primeira vez, no entanto, que alguém tentou percorrer os 60 km do “Mountain Course” em apenas uma roda: Dave Taylor, um dublê e piloto de manobras que era conhecido como “o rei das empinadas”, supostamente conseguiu realizar a mesma façanha de Dougie.

No entanto, há relatos de que Taylor chegou a tocar o chão com a roda dianteira uma vez e, além de tudo, não há qualquer registro fotográfico ou em vídeo a respeito. Nesse caso, Lampkin tem a internet a seu favor.