Conheça o novo top de linha da Motorola. Será que ele é um bom substituto para o Moto X de segunda geração?

No final de agosto de 2015, a Motorola surpreendeu o mundo ao fazer o anúncio relacionado à sua linha de smartphones Moto X. Diferente do que muitos imaginavam, a companhia norte-americana – que desde 2014 pertence à Lenovo – revelou dois novos aparelhos para contemplar uma de suas principais séries de dispositivos. Além de apresentar o Moto G de terceira geração, a empresa também mostrou ao público os novos Moto X Play e Moto X Style.

O evento de apresentação desses smartphones foi transmitido para o mundo todo e teve como um dos palcos a cidade de São Paulo, o que evidencia o fato de a empresa estar investindo pesado no público brasileiro. Os bons resultados dos aparelhos anteriores foram os principais motivadores dessa postura, que tem como destaque a chegada do Moto Maker para o público brasileiro. Essa ferramenta online permite aos consumidores a criação de um smartphone customizado, levando em conta o design e – dependendo do modelo – configurações do dispositivo.

O TecMundo já analisou a terceira geração do Moto G e o Moto X Play e agora chegou a vez do Moto X Style. Esse smartphone tem como uma das principais características o emprego de materiais diferentes para a tampa traseira, algo que já acontecia em seu antecessor. Além disso, o aparelho também deve se destacar pelo alto desempenho, oferecendo uma forte concorrência para os dispositivos top de linha do mercado. Será que o Moto X Style é o substituto ideal para o Moto X de segunda geração?

Especificações

  • Sistema operacional
  • Android 5.1.1 (Lollipop)
  • Tela
  • LCD TFT de 5,7 polegadas com proteção Gorilla Glass 3
  • Resolução de tela
  • 2560x1440 pixels (QHD)
  • Densidade de pixels
  • 520 ppi
  • Chipset
  • Qualcomm Snapdragon 808
  • CPU
  • dual-core de 1,8 GHz + quad-core de 1,44 GHz
  • GPU
  • Adreno 418
  • Memória RAM
  • 3 GB
  • Armazenamento interno
  • 32 GB
  • Armazenamento externo
  • cartão micro SD expansível até 128 GB
  • Câmera traseira
  • 21 MP
  • Câmera frontal
  • 5 MP
  • Bateria
  • 3.000 mAh
  • Conectividade
  • 802.11 a/g/b/n/ac + MIMO, Bluetooth 4.1, micro USB, NFC e GPS (GLONASS)
  • Sensores
  • acelerômetro, bússola, giroscópio e proximidade
  • Extras
  • revestimento P2i (repelente a respingos d'água)
  • Dimensões
  • 153,9 mm (altura) x 76,2 mm (largura)
  • Espessura
  • 6,1 a 11,06 mm
  • Peso
  • 179 gramas
  • Preço de lançamento
  • R$ 2.499

Design

Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style Fotos Moto X Style

Com o lançamento do Moto G de terceira geração, do Moto X Play e do Moto X Style, a Motorola resolveu unificar o visual dos aparelhos para reforçar um propósito específico: a possibilidade de personalização. Isso fica evidente por causa de uma pequena parte localizada na traseira dos smartphones – que acomoda a câmera, o flash e o logotipo da marca –, detalhe que pode ser customizado através do Moto Maker. Esse é um aspecto verdadeiramente especial para nós, brasileiros, já que o serviço online de personalização de dispositivos da companhia é uma novidade por aqui.

No caso do Moto X Style, o Moto Maker tem uma função ainda mais especial: definir o tipo de carcaça que o aparelho vai ter. Assim como aconteceu no Moto X de segunda geração, o novo smartphone da Motorola é disponibilizado com a tampa traseira confeccionada com materiais diferentes. São três opções para os consumidores: uma superfície emborrachada com uma leve rugosidade na diagonal, madeira e couro legítimo.

  1. Detalhes emborrachados: Criada a partir do silicone, essa tampa traseira é a "tradicional" do dispositivo e possui uma leve rugosidade na diagonal. O material oferece uma boa pegada e pode ser disponibilizado nas cores preto, branco, pink, cabernet, verde petróleo, azul e azul escuro. Para análise, recebemos o Moto X Style com detalhes emborrachados na cor preta.
  2. Madeira: Disponibilizada em dois tons diferentes – bambu e iúna –, essa tampa traseira oferece um visual fora do comum ao empregar a madeira em sua construção. Essa não é uma novidade para a linha Moto X – a característica já estava presente no aparelho de segunda geração –, mas é um adicional interessante para os consumidores.
  3. Couro: Conferindo um aspecto mais requintado ao Moto X Style, o couro também é uma adição que já estava presente no Moto X de segunda geração. O material é proveniente da Horween, um dos curtumes de maior prestígio nos Estados Unidos. Através do Moto Maker, as opções são couro vintage, preto ou rouge.
Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker Fotos Moto Maker

Com exceção da variedade de materiais, a traseira do Moto X Style é muito semelhante à do Moto X de segunda geração. A parte superior possui uma leve curvatura, aspecto que acaba identificando visualmente os smartphones. Porém, o tamanho acaba acentuando a diferença, já que o novo Moto X Style tem 5,7 polegadas e seu antecessor tem 5,2 polegadas. Entretanto, é na parte da frente que as novidades realmente aparecem.

Ao contrário do antecessor, o Moto X Style possui áudio estéreo, característica que favorece o consumo de conteúdo, como jogos e filmes. Agora, os dois alto-falantes – superior e inferior – são capazes de transmitir o som multimídia, oferecendo uma experiência diferenciada para utilização do smartphone. Além disso, cada uma das saídas de som ainda possui um detalhe metálico que evita o abafamento do áudio quando o aparelho está sobre uma superfície plana.

    Ao contrário do antecessor, o Moto X Style possui áudio estéreo, característica que favorece o consumo de conteúdo, como jogos e filmes.

Ainda na parte frontal, outra novidade é o flash do novo smartphone da Motorola. Agora, os amantes de selfies podem registrar as suas fotos mesmo em ambientes mais escuros, contando com um LED único para iluminar a face de quem for enquadrado na fotografia. Na parte de baixo, dois pontos completam o design, oferecendo uma leitura infravermelha dos movimentos para diversas funções do Moto X Style — como o Moto Tela e o Movimentos.

No geral, o Moto X Style possui uma construção bastante robusta e transmite resistência para os consumidores. Apesar disso, a Motorola envia o seu novo smartphone acompanhado de um bumper para proteção das bordas do aparelho, proteção ideal para aqueles que querem tirar o dispositivo da caixa e sentirem que ele já está seguro contra as possíveis quedas. O Moto X Style ainda conta com o revestimento P2i, o que garante apenas proteção contra respingos de água.

A sua construção também deve assustar aqueles que ainda não utilizam um smartphone com tela a partir de 5 polegadas. Contudo, embora o Moto X Style seja realmente grande, a Motorola conseguiu entregar um design que favorece bastante a pegada, com uma parte traseira côncava que se encaixa muito bem na mão e materiais bastante aderentes. Portanto, usar esse aparelho com apenas uma mão não deve ser problema para a maioria dos consumidores.

Moto Maker

Novidade para o público brasileiro, que já pode experimentar esse serviço online para o Moto G de terceira geração e Moto X Play, o Moto Maker é uma ferramenta para a criação do aparelho ideal para você. No caso do Moto X Style, os consumidores podem escolher modificar as seguintes opções:

  1. Parte da frente: branco com prata, branco com champanhe e preto com cinza;
  2. Parte de trás: detalhes emborrachados (preto, branco, pink, cabernet, verde petróleo, azul e azul escuro), madeira (bambu e iúna) e couro (vintage, preto e rouge);
  3. Detalhe: prata, cinza escuro, champanhe, vermelho, rosa, verde e azul;
  4. Gravação: até 14 caracteres na parte traseira;
  5. Saudação: até 18 caracteres na inicialização do dispositivo.
Opções de customização

Tela

Assim como aconteceu com o Moto X Play, a Motorola resolveu apostar em uma tecnologia diferente da AMOLED empregada no Moto X de segunda geração – e isso pode gerar alguma polêmica entre os consumidores. Em seu display, o Moto X Style utiliza um painel TFT, um componente cujo processo de fabricação é mais barato e tende a oferecer uma qualidade inferior aos pixels iluminados individualmente pela matriz de LED.

Essa medida adotada nos novos aparelhos da linha Moto representa um verdadeiro retrocesso em relação ao modelo antecessor, que empregava uma tecnologia melhor e de maior qualidade. Por conta disso, o display do Moto X Style apresenta um índice de contraste mais baixo, oferecendo cores menos sólidas e destacadas. O branco também tende a ser reforçado, dando a impressão de que ele ficou um pouco "estourado" em algumas partes da tela.

Apesar disso, não é totalmente correto dizer que o display do Moto X Style oferece uma má qualidade para os seus consumidores. Aliado ao tamanho de 5,7 polegadas, o aparelho oferece uma boa experiência para os que desejam assistir a filmes e jogar alguns games no dispositivo. Conferir a galeria de fotos também é uma atividade prazerosa e que não é prejudicada pelo tipo de tela adotada pela Motorola.

Tela Design
    Em seu display, o Moto X Style utiliza um painel TFT, um componente cujo processo de fabricação é mais barato e tende a oferecer uma qualidade inferior aos pixels iluminados individualmente pela matriz de LED.

Porém, não tem como deixar de lado o questionamento sobre essa decisão da empresa por trás dos novos smartphones da linha Moto X. Até que ponto vale a pena sacrificar a qualidade do display para favorecer o custo e preço final do aparelho? Embora a diferença só fique realmente visível quando uma comparação direta é realizada, fica a sensação de que a Motorola poderia ter investido mais em um aspecto tão importante para o dispositivo – o que provavelmente teria afetado muito o preço final.

Parte de trás do aparelho

Vale ressaltar que o Moto X Style ainda possui a tecnologia de proteção da Corning, o Gorilla Glass 3. Essa "camada extra" para o display deve evitar que riscos e arranhões indesejados apareçam, marcando definitivamente a tela do aparelho. Mas por que a Motorola não apostou no Gorilla Glass 4, evolução da tecnologia que promete proteção contra quedas?

Interface

Como de costume nos aparelhos das linhas Moto, o Moto X Style oferece a experiência pura do Android aos seus consumidores. Equipado com a versão Android 5.1.1 (Lollipop), esse smartphone se destaca pela leveza da interface e fluidez com que todas as funcionalidades são executadas nesse sistema operacional.

São poucos apps pré-instalados no aparelho e todos oferecem bastante praticidade para os consumidores. Esse é o caso do aplicativo Moto – que inclui o Moto Assist, Moto Ações, Moto Voz, Moto Tela – e do Migração Motorola. Além da "pureza" e leveza da interface, o Moto X Style também ganha pontos positivos por se qualificar para receber atualizações rápidas do Android assim que elas forem disponibilizadas. Isso pode não acontecer com os concorrentes diretos – como o Samsung Galaxy S6, ASUS Zenfone 2 e LG G4 – que utilizam um sistema operacional personalizado e com modificações das fabricantes.

Parte de trás do aparelho

Hardware

Desempenho

Como prometido, o Moto X Style apresenta um desempenho bastante satisfatório em todas as atividades. Equipado com um chipset Qualcomm Snapdragon 808 – dual-core de 1,8 GHz + quad-core de 1,44 GHz –, esse smartphone é capaz de lidar com jogos pesados com muita tranquilidade. Em nossa análise, colocamos os seguintes games para rodar nesse aparelho, todos executados com muita fluidez e sem engasgos:

Também não há do que reclamar do desempenho multitarefa do Moto X Style, já que o aparelho foi capaz de dar conta de vários apps rodando ao mesmo tempo. A troca entre aplicativos também acontece de forma bastante fluida, sem lentidão ou travamento, mesmo quando vários programas estão abertos simultaneamente. Apps básicos também rodaram com muita tranquilidade. Isso significa que os consumidores não vão ter problema para rodar redes sociais, mensageiros, navegadores, apps de notícias e de produtividade.

No entanto, alguns podem se decepcionar ao saber que o Moto X Style perde para o seu antecessor e concorrentes diretos em alguns testes de benchmark. Isso provavelmente acontece por causa da adoção do Snapdragon 808 como chipset, estratégia da Motorola para evitar o poderoso mas esquentadinho Snapdragon 810. No final das contas, essa perda está mais relacionada aos números e não vai impactar a experiência dos usuários.

Modern Combat 5

Testes de benchmark

O Moto X Style ainda possui 32 GB de armazenamento interno, o que deve ser o suficiente para atender a maioria dos consumidores. Aqueles que exigirem um pouco mais de espaço podem optar por utilizar um cartão micro SD de até 128 GB, o que definitivamente deve ser mais do que o necessário para armazenar arquivos no aparelho.

Vale a pena lembrar que o novo integrante da família Moto X também possui suporte a dois chips de operadora. Longe de ser uma novidade no mercado, o Moto X Style se destaca por oferecer a tecnologia 4G para os dois SIM card, algo realmente útil para quem usa operadoras diferentes no smartphone.

AnTuTu Benchmark 5

Esse aplicativo é um dos mais completos da categoria quando se trata de analisar o hardware de um aparelho. O AnTuTu Benchmark 5 faz testes de interface, CPU, GPU e memória RAM. Pontuações maiores representam um desempenho melhor.

  • Samsung Galaxy S6 Edge: 69.997

  • Motorola Moto X Style: 53.120

  • Apple iPhone 6 Plus: 49.807

  • LG G4: 48.069

  • ASUS Zenfone 2: 47.449

  • Motorola Moto X (2014): 43.893

  • Motorola Moto X Play: 34.529

Vellamo Mobile Benchmark

Essa opção é bastante versátil por oferecer dois testes para os aparelhos: o HTML5 e o Metal. No primeiro deles, o desempenho do smartphone para navegação na web é colocado à prova. No Metal, o processador é avaliado, e uma nota final é atribuída à sua performance. Maiores pontuações indicam um melhor desempenho.

Browser

  • Samsung Galaxy S6 edge: 6.642

  • LG G4: 4.227

  • Motorola Moto X Style: 4.130

  • Motorola Moto X (2014): 3.477

  • ASUS Zenfone 2: 3.184

  • Motorola Moto X Play: 2.351

Metal

  • Samsung Galaxy S6 edge: 2.638

  • Motorola Moto X Style: 2.527

  • LG G4: 2.314

  • Motorola Moto X (2014): 1.656

  • ASUS Zenfone 2: 1.335

  • Motorola Moto X Play: 1.171

3D Mark (Ice Storm Unlimited)

O 3D Mark é um dos testes de benchmark mais conceituados do mercado. Para a análise do Moto X Style, executamos o Ice Storm Unlimited, uma das opções oferecidas pelo aplicativo. Quanto maior a pontuação, melhor o desempenho.

  • Samsung Galaxy S6 edge: 22.046

  • ASUS Zenfone 2: 19.897

  • Motorola Moto X Style: 19.792

  • Motorola Moto X (2014): 19.436

  • LG G4: 18.463

  • Apple iPhone 6 Plus: 17.846

  • Motorola Moto X Play: 8.056

Basemark X

Com foco principal na medição da qualidade gráfica de dispositivos, o Basemark X é baseado na Unity 4 e aplica testes de alta densidade para determinar qual dispositivo se sai melhor na execução de jogos. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho demonstrado.

  • Samsung Galaxy S6 edge: 38.758

  • Motorola Moto X (2014): 25.412

  • LG G4: 24.921

  • Motorola Moto X Style: 23.503

  • ASUS Zenfone 2: 19.391

  • Motorola Moto X Play: 10.679

GFX Bench (T-Rex HD)

O GFXBench é um aplicativo de testes multiplataforma que analisa o poder de processamento gráfico e computacional dos aparelhos. A API gráfica utilizada é o OpenGL ES e os testes se dividem em várias categorias diferentes. Para que seja possível comparar aparelhos de sistemas diferentes, utilizamos os testes sinalizados como “offscreen”, em que a resolução de todos é travada em 1080p internamente. Quanto maior a pontuação, melhor é o desempenho.

  • Samsung Galaxy S6 edge: 59

  • Apple iPhone 6 Plus: 44,3

  • Motorola Moto X Style: 35

  • LG G4: 35

  • ASUS Zenfone 2: 30

  • Motorola Moto X (2014): 27,5

  • Motorola Moto X Play: 14

Câmera

O Moto X Style e o Moto X Play são a prova de que a Motorola está aprendendo a entregar boas câmeras para seus smartphones. Apesar de ainda não ter acertado em cheio, está muito longe de apresentar apenas um aumento apenas na resolução – que passou para 21 megapixels no sensor principal –, já que também aposta em lentes de maior qualidade e que resultam em belíssimas fotos capturadas com o aparelho.

A câmera do Moto X Style possui uma abertura de f/2.0, além de foco automático de detecção de fase (PDAF) para aqueles que não querem utilizar a opção manual. O smartphone ainda conta com modos básicos para fotos noturnas, panorâmicas e o controle manual de foco e exposição. O flash duplo ainda possui uma tecnologia de correção de temperatura de cor, equilibrando luz quente e fria e resultando em imagens menos estouradas.

Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play Fotos Moto X Play

Em ambientes bem iluminados, o aparelho se sai muito bem, criando fotografias equilibradas e com uma boa definição. Fotos escuras ainda apresentam uma leve granulação, mas os resultados são satisfatórios. O Modo HDR também merece destaque por ser capaz de produzir fotografias belíssimas e compensar muito bem a ausência de iluminação.

A câmera frontal do Moto X Style também merece elogios por causa de sua qualidade. O destaque aqui vai para a adição do flash, que dá uma mãozinha para as selfies registradas em ambientes que não estão muito bem iluminados. Os resultados não são perfeitos, mas quebram um galho para quem não dispõe de uma iluminação artificial decente. Vale a pena destacar que o Moto Ações permite habilitar a câmera ao chacoalhar rapidamente o aparelho.

Bateria

A bateria é um dos pontos nos quais a Motorola não acertou com o Moto X Style. Embora apresente uma capacidade relativamente grande quando comparado aos concorrentes – 3.000 mAh – o smartphone não consegue dar conta do consumo elevado e, em nossos testes, aguentou apenas 8 horas de uso moderado. Nesse período, a rede WiFi permaneceu ligada todo o tempo e o aparelho foi usado para acessar redes sociais, mensageiros, rodar alguns jogos e reproduzir vídeos. Em nosso teste de estresse, o smartphone começou a pedir socorro antes de completar 6 horas de utilização.

Contudo, a Motorola merece elogios por implementar o carregamento turbo no Moto X Style. Exigindo um acessório específico para poder aproveitar essa funcionalidade, o recurso é capaz de carregar completamente o aparelho em pouco mais de 1 hora e 30 minutos.

Moto X Play

Áudio

Aqui está um dos pontos nos quais o Moto X Style mais se destaca. Um dos principais responsáveis para isso é o som estéreo, uma novidade que estava ausente no Moto X de segunda geração e até no Moto X Play. Graças a essa modificação, a reprodução de vídeos, músicas e jogos se transforma em uma experiência nova e muito mais agradável quando comparada à do antecessor.

Os detalhes metálicos presentes nos alto-falantes ainda ajudam na reprodução do áudio. Por conta da sua elevação em relação ao restante do aparelho, quando o Moto X Style está apoiado em uma superfície plana, o som não sai abafado, não comprometendo a experiência sonora. Os fones de ouvido ainda são os mesmos desde o Moto X de segunda geração, o que não é um ponto negativo. Esse é um acessório bonito, funcional e que apresenta uma boa qualidade.

Moto X Play

Vale a Pena?

A separação da linha Moto X em dois novos aparelhos foi uma jogada inusitada e arriscada. Porém, é evidente que a Motorola mirou em aspectos diferentes com o lançamento do Moto X Play e do Moto X Style. Com um hardware potente, design arrojado, uma grande variedade de personalização através do Moto Maker, boa qualidade sonora e câmeras de qualidade, o sucessor do Moto X de segunda geração tem de tudo para ser um sucesso no mercado brasileiro.

Nem mesmo a bateria e a polêmica da tela são capazes de minimizar os aspectos positivos apresentados pelo Moto X Style. O verdadeiro problema desse smartphone é o seu preço de lançamento: R$ 2.499. Como esse valor, é difícil entender como a Motorola espera que esse aparelho faça sucesso em terras tupiniquins. Apesar das condições econômicas do país não favorecerem a chegada de produtos eletrônicos a nossas terras, é difícil justificar esse valor elevado em um aparelho que não apresenta nenhum diferencial matador.

Moto X Play

Contudo, é muito provável que esse preço baixe nos meses posteriores ao lançamento. Por conta da desvalorização acelerada de aparelhos equipados com o sistema operacional Android, é bem provável que o Moto X Style possa ser adquirido em promoções especiais com preços que girem em torno de R$ 2 mil. Nesse caso, o último lançamento da Motorola passa a ser um investimento que compensa.

FAQ - Perguntas e Respostas

1. O Moto X Style é a prova d'água?

Não. Assim como o Moto X Play, o Moto X Style não é a prova d'água. No entanto, o smartphone conta com o revestimento P2i, o que garante proteção contra respingos acidentais de água. Portanto, nada de mergulhar com o aparelho.

2. A tela TFT do Moto X Style apresenta uma boa qualidade? Ela é melhor que o AMOLED do Moto X de segunda geração?

Apesar de empregar um painel TFT, a tela do Moto X Style apresenta uma qualidade razoável. Ela perde em contraste e equilíbrio do branco para o Moto X de segunda geração, mas ainda assim é muito agradável consumir conteúdo nessa tela gigante de 5,7 polegadas. Dificilmente o display do Moto X Style vai comprometer a experiência de utilização.

3. A câmera do Moto X Style é a melhor do mercado? Supera a do LG G4 e a do Galaxy S6?

Embora tenha progredido nesse aspecto, a câmera do Moto X Style ainda não pode ser considerada a melhor do mercado. As fotografias registradas pelo LG G4 e Galaxy S6 apresentam uma qualidade melhor que o do aparelho da Motorola.

4. O Moto X Style vai receber o Android 6.0 (Marshmallow)?

Sim, o Moto X Style provavelmente será um dos primeiros a receber o update assim que ele for disponibilizado oficialmente.

5. O Moto X Style consegue rodar jogos pesados?

Sim, esse smartphone da Motorola possui um hardware bastante parrudo capaz de aguentar a execução de vários jogos pesados, mesmo que um pouco antigos, como Real Racing 3, N.O.V.A 3 e GTA: San Andreas.

6. Como funcionam os cartões SIM no Moto X Style?

O Moto X Style possui suporte a dois chips de operadora no formato nano SIM. Ambos podem rodar com suporte ao 4G de operadoras diferentes.

7. O Moto X Style esquenta muito?

Durante os nossos testes, não verificamos a ocorrência de uma temperatura excessivamente elevada para o Moto X Style. Mesmo utilizando o carregamento turbo e executando jogos pesados, o smartphone manteve-se utilizável em aproximadamente 40 °C e sem causar incômodos nas mãos.

8. A bateria do Moto X Style é boa?

Embora possua uma grande capacidade – 3.000 mAh –, a bateria do Moto X Style decepcionou um pouco em nossa análise. Além disso, a Motorola peca por não oferecer um gerenciador de energia eficiente para o aparelho, resultando em apenas 8 horas de uso moderado. Em contrapartida, o aparelho apresenta carregamento muito rápido.

Comentários

Design: Saito Takeuchi & Fernando Perazzoli

Redação: Eduardo Harada

Vídeo: Rodrigo Vana

Coordenação: Gustavo Bonato, Igor Panki e Wikerson Landim