Em maio do ano passado, a Fast Shop acabou vazando antes da hora praticamente todas as informações acerca do Moto E, para alegria dos fanáticos por tecnologia – e de quem não tinha muito dinheiro para investir em um celular. Ao que parece a mesma estratégia foi utilizada para “divulgar” a edição 2015 do aparelho, já que a nova versão do smartphone de entrada da Motorola apareceu rapidamente no site da Best Buy norte-americana, apenas para ser retirado do ar em instantes.

Como não poderia deixar de ser, o tempo da “escorregada” foi o suficiente para que os internautas capturassem as informações necessárias sobre o futuro lançamento da Motorola – que ainda não oficializou o novo aparelho. Lembra daquelas imagens vazadas no finalzinho de janeiro e que foram atribuídas ao visual do Moto E de segunda geração? Aparentemente elas estavam corretas, já que são praticamente idênticas às da loja online da Best Buy, como você pode conferir na galeria abaixo.

Assim como do primeiro Moto G para a versão do ano passado, a edição mais recente do Moto E trará pequenas modificações, e não uma revolução completa como aconteceu com o irmão mais velho dos dois, o Moto X. A tela ficou um pouco maior, o CPU ganhou um pequeno upgrade e o espaço em disco aumentou consideravelmente, mas o resto é praticamente o mesmo – algo compreensível quando pensamos nele como um produto custo-benefício. Confira abaixo alguns dos dados publicados no site norte-americano.

Especificações Técnicas

  • Tela: TFT LCD de 4,5 polegadas
  • Resolução de tela: 960x540 pixels
  • Sistema operacional: Android 5.0 (Lollipop)
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 200 (8210) dual-core de 1,2 GHz
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento interno: 8 GB
  • Armazenamento externo: cartões micro SD de até 32 GB
  • Câmera traseira: 5 MP
  • Câmera frontal: 0,3 MP
  • Conectividade: 4G LTE, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 3.0, GPS, HD Voice
  • Peso: 143 g
  • Dimensões: 6,7 cm de largura x 13 cm de altura x 1,19 cm de espessura

Sendo assim, o grande destaque do lançamento fica por conta de o dispositivo já vir com o Android Lollipop de fábrica, o que deve tornar a experiência mais suave para os consumidores, mesmo com um aparelho relativamente modesto. A câmera frontal, apesar da baixíssima resolução, também deve agradar especialmente o público brasileiro, que se tornou grande adepto das selfies e sentiu falta do recurso na primeira versão do aparelho.

Uma boa notícia é que nos Estados Unidos o celular sofreu um corte de 30 dólares – cerca de 85 reais – em relação ao modelo anterior em sua versão pré-paga. Apesar disso, não há notícias sobre o preço do smartphone em terras brasileiras. Parece que não precisaremos esperar pelo MWC 2015 para saber mais sobre o Moto E, então fique ligado aqui no TecMundo e deixe sua opinião sobre o dispositivo mais abaixo, na seção de comentários.

Cupons de desconto TecMundo: