Com o recente lançamento do Moto Z, a Lenovo demonstrou que realmente não pretende enterrar o nome "Moto" dentro do seu portfólio de produtos. Dona da Motorola, a companhia já havia mencionado que pretendia imprimir o seu nome em todos os dispositivos da família nos próximos anos. Apesar disso, parece que estamos prestes a presenciar o sepultamento de uma das linhas que levava a alcunha "Moto".

De acordo com múltiplas fontes, o Moto E 2016, que seria lançado ainda neste ano, pode se transformar no Lenovo Vibe C2 e substituir de uma vez por todas a linha de smartphones voltada para o mercado de entrada. Ao menos na Europa, na China e em outros países asiáticos, essa é uma estratégia que já está bem desenhada e pode vir a refletir nas Américas também.

Essa possibilidade ainda não foi confirmada pela Lenovo/Motorola

Diversas imagens desse novo aparelho – e a falta de notícias acerca do Moto E 2016 – reforçam ainda mais as intenções da Lenovo. O smartphone será voltado para o mercado de entrada e deve completar o espaço que a fabricante ainda não havia preenchido em 2016. Confira as supostas especificações técnicas desse modelo:

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 6 (Marshmallow)
  • Tela: 5 polegadas
  • Resolução de tela: 1280x720 pixels (HD)
  • Chipset: MediaTek MT6735P
  • Memória RAM: 1 GB
  • Armazenamento: 8 GB ou 16 GB (expansível com cartão micro SD)
  • Câmera traseira: 8 megapixels
  • Câmera frontal: 5 megapixels
  • Bateria: 2.750 mAh

Vale ressaltar que essa possibilidade não foi confirmada pela Lenovo/Motorola. Portanto, ainda pode ser possível que as fabricantes realmente lancem um Moto E em 2016, contemplando os consumidores que não querem pagar muito por um smartphone. Contudo, essa seria uma estratégia inteligente, especialmente considerando que o Lenovo Vibe C2 já é uma realidade e vai competir exatamente no mesmo mercado?

Cupons de desconto TecMundo: