Imagem de: Como funciona a televisão de alta definição?

Como funciona a televisão de alta definição?

7 min de leitura
Avatar do autor

Com o surgimento das televisões de plasma e LCD ficou difícil o consumidor escolher qual o aparelho televisivo que melhor atende às suas necessidades. O grande problema consiste na grande quantidade de detalhes que foi implementada com as novas TVs. Algumas já vêm preparadas para o sinal de TV digital, outras não, muitas já possuem o HDMI, outras não, e assim por diante. Para cessar todas as dúvidas que você tem, o Baixaki criou este artigo que irá abordar detalhadamente cada aspecto das televisões de alta definição.

A chamada HDTV surgiu em decorrência dos novos aparelhos que possuem conteúdo de alta resolução. Desde aparelhos de DVD até os videogames mais recentes (como o Playstation 3) trabalham com resoluções maiores e já possuem novos tipos de conectores, fator que exigiu a evolução de padrões e dos televisores. Vamos direto ao ponto, começaremos pela resolução presente nas HDTVs, confira.

Resoluções
A qualidade muda muito, mas depende do que você vai assistir

Você possui um aparelho capaz de reproduzir filmes Blu-Ray? Possui um XBOX360 ou PS3? Tem intenção de investir num desses aparelhos? Se a resposta é sim para qualquer uma dessas perguntas, talvez seja bem importante você pesquisar a resolução suportada pelo modelo de TV que você irá comprar. Caso você esteja interessado em uma televisão de alta definição, o fator que você deverá mais dar importância, certamente, é a resolução.

Assim como os computadores, as televisões trabalham com resoluções. Observe em seu sistema, certamente seu monitor possui uma resolução máxima (monitores 15” normalmente suportam até 1024x768, os 17” chegam a 1280x1024, monitores widescreen possuem resoluções maiores). Os novos televisores já possuem uma especificação bem detalhada quanto à resolução, sendo que o consumidor deve ficar atento ao que vai comprar.

Os antigos aparelhos televisivos suportavam a incrível resolução de 640 x 480 pixels(480p ou 480i). As novas televisões conseguem reproduzir uma quantidade de detalhes muito maior, chegando a incríveis 1280 x 720 pixels (720p ou 720i) e 1920 x 1080 (1080p ou 1080i).  Veja a imagem abaixo, que exemplifica de forma bem clara a diferença no tamanho das resoluções. A seguir você vai entender qual a real diferença entre essas resoluções.

Diferença de tamanho das resoluções

p? i? O que essas letras representam nas siglas das resoluções?

A letra p faz referência ao modo de varredura “não-entrelaçado”. Já a letra i serve para identificar sistemas que disponibilizem as imagens no modo “entrelaçado”. Os televisores analógicos (televisores CRT, também conhecidos como telas de tubo) utilizam o sistema 480i, que são as linhas entrelaçadas.

O modo entrelaçado funciona da seguinte forma: primeiro a televisão exibe as linhas ímpares (1, 3, 5, etc) e depois ela preenche a tela exibindo as linhas pares (2, 4, 6, etc). No primeiro ciclo a TV exibe 30 quadros com as linhas ímpares e depois ela completa o primeiro segundo da transmissão preenchendo a imagem com outros 30 quadros, agora com as linhas pares. Claro que como tudo acontece muito rápido, nossos olhos nem percebem a composição dos quadros. Ao lado você pode conferir uma imagem sendo exibida no modo entrelaçado.

O modo não-entrelaçado funciona de maneira bem simples, sendo que as linhas são exibidas uma após a outra. As resoluções que operam nesse modo recebem a letra “p”, fazendo referência ao termo inglês “Progressive Scan” (varredura progressiva). Confira abaixo a comparação entre a imagem no modo não-entrelaçado e entrelaçado.

Do lado esquerdo você pode conferir a imagem em modo Progressivo

O Playsation 3 foi o primeiro console a suportar a resolução de 1080p e possuir conexão HDMI1080p – Full HD
O máximo em qualidade para Blu-Ray e jogos

A imagem mais nítida, com mais detalhes e ideal para aparelhos televisivos modernos, certamente, é a 1080p. Para poder desfrutar dessa qualidade, você necessitará de uma TV com conexão HDMI e obviamente de um cabo HDMI de alta qualidade. Há várias fabricantes que possuem cabos HDMI capazes de fornecer alta qualidade. Evidentemente, um cabo HDMI ideal para você desfrutar da resolução Full HD custa acima de R$ 100 reais, portanto, prepare o bolso!

Compre uma TV desse tipo caso você vá realizar alguma das atividades abaixo:

  • Assistir filmes em Blu-Ray
  • Utilizar um Playstation 3 para jogar ou assistir filmes
  • Jogar alguns jogos do XBOX360 (a maioria dos jogos desse console funciona em 720p)
  • Telas com mais de 40” (polegadas) apresentam imagens sem defeitos somente nesta resolução!

Veja o vídeo abaixo que compara as resoluções disponíveis no Playstation 3.

720p – HD
Resolução de alta definição pronta para DVDs e jogos

Não pense que a resolução de 720p é ruim, muito pelo contrário, certamente na maioria dos casos é a resolução ideal. Nem todos os aparelhos trabalham em 1080p, aliás, a minoria utiliza essa resolução. Transmissões digitais (tanto da TV aberta como da TV a cabo) usam, na maioria dos casos, a resolução de 720p. Vale frisar que a resolução de 720p é o suficiente para televisões de até 32” (polegadas), afinal, é um espaço muito pequeno para exibir muitos pixels, fator que torna quase um desperdício investir em 1080p. Para a resolução 720p é recomendado optar pelo padrão de vídeo componente (ainda que o HDMI funcione normalmente), que é mais barato e consegue reproduzir as imagens com ótima qualidade.

Compre uma TV desse tipo caso você vá realizar alguma das atividades abaixo:

  • Assistir filmes em DVD
  • Jogar a maioria dos games do XBOX360
  • Utilizar videogames da 6ª geração (Playstation 2, XBOX e Nintendo Game Cube)
  • Jogar games do Nintendo Wii
  • Assistir canais com qualidade digital, tanto da TV aberta quanto da TV a cabo
  • Caso você vá comprar uma tela de 32” ou menor, essa resolução deve ser suficiente.

Formato de Tela
Widescreen é o ideal para filmes em DVD, Blu-Ray e Jogos

Tela larga exibe mais detalhesVocê já reparou que a maioria dos filmes fica com tarjas pretas acima e abaixo da imagem do filme? Nas televisões comuns (CRT) acontece isso mesmo, porque os filmes são projetados para serem reproduzidos em telas mais largas. Os televisores do tipo LCD e Plasma já possuem a largura maior do que a altura (o relação entre largura e altura é 16:9), fator que deixa os games e filmes em tela cheia (ou quase). A opção de uma tela mais larga surgiu em virtude de poder adicionar mais detalhes em uma cena, fator que forçou as fabricantes a criarem televisores widescreen (tela larga).

As televisões de LCD e Plasma não possuem modelos do tipo fullscreen (4:3), como as antigas TVs de tubo. Portanto, você só deve se preocupar quanto a isso, caso você tenha adquirido um monitor com suporte a TV, pois alguns monitores LCD antigos possuem a função TV, mas trabalham no aspecto 4:3.

HD Ready

O selo HD Ready serve simplesmente para conferir a determinado produto a certificação de que o aparelho é capaz de transmitir, receber ou exibir imagens com resolução mínima de 720p. Normalmente, as fabricantes irão colocar esse adesivo para que o consumidor pense estar lucrando muita coisa em levar um aparelho HD Ready, o qual não certifica que o televisor é capaz de receber o sinal digital da TV aberta, ou algo do tipo.

Outro selo muito comum é o HD Ready 1080p, que é conferido somente a televisores capazes de reproduzir imagens e vídeos na resolução Full HD. Confira ao lado os dois selos.

HDMI

O Baixaki já publicou um artigo anteriormente sobre “O que é o HDMI?”, que você confere clicando aqui. A maioria dos aparelhos televisivos (LCD e Plasma) vendidos atualmente já possuem conexões HDMI, algumas TVs possuem até 3 conectores. Vai ser muito raro você encontrar uma TV sem esse tipo de conexão, mas caso você esteja pensando em pesquisar uma TV sem o HDMI, só para economizar um pouco, saiba que você só terá desvantagens.

Disco Rígido

Nem todas as televisões possuem um Disco Rígido (HD, não confunda esse HD com a sigla HD Ready) integrado, contudo, algumas fabricantes optaram por incluir um espaço para armazenar vídeos. Evidentemente, aparelhos com essa tecnologia gravam o conteúdo em qualidade digital, na maioria dos casos na resolução de 720p. O disco rígido da maioria das TVs não passa de 80 GB, o que limita muito a quantidade de conteúdo que pode ser gravada.

Por exemplo: a televisão 32LB9RTA, da LG, tem o nome comercial de LG Time Machine, adotado devido a função de gravar conteúdo ao vivo, que pode ser assistido em outro momento, tornando-a uma “máquina do tempo”. Essa TV traz um HD de 80 GB, que segundo o fabricante é capaz de gravar até 33 horas, um valor consideravelmente bom.

Conversor Digital

Com a chegada da transmissão digital (DTV), as fabricantes começaram a produzir TVs com conversores integrados. Na verdade as televisões não deveriam precisar desse conversor, considerando que elas trabalham com o sistema digital, porém, o sinal de transmissão que a maioria das televisões está programada para receber é o sinal do padrão Europeu ou Americano.

Como a transmissão digital no Brasil tem como base a tecnologia japonesa, foi necessário acoplar um conversor nas TVs. O conversor não reduz a qualidade do sinal, sendo que ele mantém a resolução da transmissão, ou seja, se o sinal chegou em 720p, ele será exibido em 720p. No Brasil o sinal é transmitido em 720p pela televisão aberta, sendo que é possível visualizar a transmissão na resolução de 1920x1080, porém, somente no padrão inferior, o 1080i.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Como funciona a televisão de alta definição?