Com as chuvas (e conseqüentemente os raios) surgem dois problemas principais: a queda de energia e picos de tensão na rede elétrica. Para o primeiro as conseqüências podem não ser tão graves se tratarmos apenas dos componentes do seu computador, mas qualquer documento que esteja sendo visualizado ou editado (imagine aquele interminável trabalho de faculdade) pode ser perdido.

Já os picos de energia vão um tanto além. Dependendo da oscilação (tanto para mais quanto para menos) de tensão, as peças do seu computador podem não agüentar e acabar queimando. Isso ocorre porque eles são todos projetados para operarem com quantias fixas, tais como 110 ou 220 volts, de entrada na fonte.

Imagine o prejuízo com placas mãe, processadores, modems ou até mesmo discos rígidos, caso em que todos os seus arquivos e dados serão perdidos para sempre!

Você vai deixar seu PC desprotegido?

Abaixo, você encontrará uma boa descrição de equipamentos que podem salvar sua vida (e seu PC) em momentos como estes, sem pesar muito no bolso.

No-Breaks

Sempre ligado, mesmo sem luz

Um exemplo de No-Break Profissional.O nome diz tudo: sem interrupções. A função dos No-Breaks é fornecer energia para o seu computador quando a rede elétrica deixa de fazê-lo. Ao reconhecer a queda de energia, ele ativa imediatamente as suas baterias (carregadas sempre que a alimentação normal é re-estabelecida).

A autonomia dos No-Breaks mais comuns fica em torno de dez a vinte minutos, dependendo da quantidade de equipamentos ligados e da potência da sua fonte. Não é indicado o uso prolongado, mas ao menos você tem tempo para salvar todos os seus documentos e atividades antes de desligar a máquina.

Também não se esqueça de trocar de equipamento preferencialmente a cada dois anos, já que esta é a duração prevista para eles. Após este período, alguns não sustentam suas cargas e podem não reconhecer mais o momento de atuarem.

Na hora de escolher o seu, verifique suas características, tais como a duração da bateria, modo de operação e principalmente se ele é compatível (em capacidade de alimentação) com o que seu computador exige. Alguns modelos incorporam até mesmo a função de filtros e de estabilizadores, descritos abaixo, fornecendo o pacote completo de proteção sem ocupar tanto espaço e sem criar aquela “bagunça de fios”.

Filtros de linha

Apenas contendo o pior

A confusão principal gira em torno dos filtros e dos estabilizadores. A realidade é que ambos trabalham de maneiras muito distintas, sendo a função dos filtros de linha apenas amenizar os ruídos da rede elétrica (as pequenas variações causadas por outros equipamentos elétricos, tais como motores de geladeiras e resistores de chuveiros).

Como colocado acima, esta pequena variação é capaz de afetar os componentes mais sensíveis do seu computador, chegando até mesmo a queimá-los em alguns casos.

Filtros de linha da marca Force-Line

Uma vantagem destes equipamentos é que eles aumentam o número de tomadas disponíveis, permitindo que você ligue várias coisas em um único ponto de sua casa.

A proteção contra surtos é oferecida pela utilização de um fusível (disjuntor), uma pequena peça que se queima assim que uma carga maior do que a permitida é transmitida (quando os equipamentos exigem demais ou quando há elevação de tensão na rede), evitando estragos maiores. Trocá-la custa apenas alguns centavos, enquanto que peças do computador ficam geralmente acima de cem reais.

Na hora de escolher seu filtro fique de olhos bem abertos! Apesar de todas as fabricantes terem que — por regulamentação — incluir filtros de linha internos, muitos são de baixa qualidade e acabam não oferecendo a proteção adequada (quiçá contra ondas eletromagnéticas).

Estabilizadores de tensão

Para uma alimentação adequada dos seus componentes

Estabilizadores o mercado tem aos montes.Este equipamento, por sua vez, tem como objetivo “modelar” a tensão que é recebida para que ela fique o mais próximo possível do ideal (110 Volts a 60 Hertz, por exemplo). Ele atua principalmente em casos de sobretensão ou de subtensão, não permitindo que ocorram falhas na alimentação por insuficiência ou queimas pelo excesso de carga.

O grau de proteção (novamente, em equipamentos de alta qualidade) é mais elevado, pois a tensão é mantida a níveis mais constantes, ao invés de ter apenas seus ruídos reduzidos. Dado o nivelamento, é possível afirmar também que a durabilidade dos componentes do computador é estendida.

Prefira ligar todos os seus equipamentos nele, ao invés de diretamente na tomada. Isso vale para monitores e caixas de som, inclusive.

E enquanto eu não tenho estes equipamentos?

A antiga dica ainda é válida: se você perceber que o tempo está “fechando feio”, salve seus trabalhos imediatamente e, sempre que possível, desligue seu computador e outros equipamentos elétricos da tomada, mesmo que tenha os devidos equipamentos de proteção. A verdade é que nenhuma das alternativas é absoluta e tudo depende de um conjunto de fatores.

Uma tempestade está chegando!

Outra coisa muito importante a ser verificada é o devido aterramento da sua instalação elétrica, afinal é esta ligação que permite que o excesso de carga elétrica seja desviada dos seus equipamentos para a terra de modo eficiente e seguro.

Em alguns casos, é necessário que toda ela seja refeita de modo a receber o tratamento adequado, mas acredite: você estará investindo na segurança de toda a sua família e até mesmo da sua casa.

Lembre-se!

Atualmente, algumas das melhores fontes de alimentação para computadores do mercado já incluem mecanismos de proteção próprios, mas para a maioria dos computadores encontrados para venda em lojas e outras distribuidoras são utilizadas fontes comuns (muitas vezes até de qualidade duvidosa).

Portanto, a sua melhor aposta é procurar dispositivos de alto desempenho, que oferecem várias camadas de proteção. Preste atenção nas especificações e fuja dos modelos “ridiculamente baratos”, encontrados em camelôs.

Cupons de desconto TecMundo: