Uber cobra cerca de R$ 1.000 em corrida de usuário no Brasil

2 min de leitura
Imagem de: Uber cobra cerca de R$ 1.000 em corrida de usuário no Brasil
Avatar do autor

Uma corrida cotidiana de aproximadamente R$ 20 no aplicativo Uber acabou custando caro para o usuário Adriano Gomes. A cobrança de um trajeto realizado entre bairros de João Pessoa, na Paraíba, custou cerca de R$ 1000.

O caso ocorrido no fim de semana ganhou repercussão no Twitter. Após receber a cobrança indevida, Gomes disse ter entrado em contato com a empresa pelo chat de ajuda, e a resposta não foi positiva: em prints publicados na rede social, o serviço da empresa alega que o valor teria sido gerado por uma cobrança dinâmica e que foi exibido ao usuário antes do início da viagem. Ou seja, em tese, tudo estaria nos conformes da plataforma.

 

“Eu vi o valor antes de pedir e tava sendo em faixa de R$22, então mesmo com a dinâmica de 2.2 como eles falando, não tem lógica nenhuma”, explica Gomes, em publicação no Twitter. Na tarde de hoje (13), o usuário simulou o mesmo trajeto no aplicativo, com o preço ficando na casa dos R$ 20.

Resposta da Uber

A Uber lançou uma nota de esclarecimento sobre o caso e disse que vai ressarcir o usuário. De acordo com a empresa, o erro não teria sido causado pelo aplicativo, mas pelo próprio usuário: a companhia aponta que Gomes adicionou um ponto extra no trajeto a 150 km de distância, o que teria levado ao cálculo acima do convencional.

“Após ter a viagem confirmada, o usuário solicitou uma alteração de trajeto para incluir uma nova parada localizada em outro município, a mais de 150 quilômetros de distância do endereço de origem, por isso a diferença de valor”, diz a Uber, em comunicado enviado ao TecMundo. “De qualquer forma, como a viagem não seguiu o novo trajeto solicitado, um novo valor foi recalculado e o excedente será ressarcido ao usuário.”

UberPrint do aplicativo do usuário com a cobrança indevida

Adriano Gomes contestou o posicionamento da empresa. Em contato com o TecMundo, o usuário disse que em nenhum momento o aplicativo ou o motorista mencionaram uma parada extra com centenas de quilômetros de distância. O cidadão de João Pessoa também enviou um comprovante da viagem exibindo a presença de apenas dois destinos na corrida que custou R$ 1000, ambos na capital da Paraíba.

Enquanto a Uber disse que o valor errôneo da corrida será ressarcido, o usuário da plataforma aponta que a empresa ainda não entrou em contato para resolver a situação.