Tesla: hacker de 19 anos controla mais de 25 veículos remotamente

1 min de leitura
Imagem de: Tesla: hacker de 19 anos controla mais de 25 veículos remotamente
Imagem: Pixabay/urswidmer61/Reprodução

Um hacker alemão de apenas 19 anos afirma ter conseguido comandar de forma remota mais de 25 veículos elétricos da Tesla em 13 países diferentes. A informação foi revelada em uma thread com mais de 7 mil curtidas no Twitter.

David Colombo, que se identifica como um pesquisador de segurança de TI, publicou que pode começar a dirigir o carro sem chave, destravar portas e desativar o sistema de câmera. O hacker também afirmou que pode ver se um motorista está presente no carro, ligar os sistemas de som estéreo dos veículos e piscar os faróis.

Mas existem alguns limites para o que Colombo poderia realizar. Ele não pode fazer nada no sentido de dirigir ou acelerar o carro, por exemplo. Apesar disso, o hacker conseguiu reunir muitos dados confidenciais sobre os veículos afetados, como determinar a sua localização, o que certamente pode causar problemas aos proprietários.

Vulnerabilidade no veículo da Tesla

Tesla pode ser comandado de forma remota por hacker. (Fonte: Unsplash/Bram Van Oost/Reprodução)Tesla pode ser comandado de forma remota por hacker. (Fonte: Unsplash/Bram Van Oost/Reprodução)Fonte:  Unsplash/Bram Van Oost/Reprodução 

As vulnerabilidades que o hacker explorou não estão no próprio software da Tesla, mas em um aplicativo de terceiros. Colombo acrescentou que apenas um pequeno número de proprietários da montadora foi afetado.

A Tesla possui uma plataforma de divulgação de vulnerabilidades na qual pesquisadores de segurança podem registrar seus próprios veículos para testes. A empresa paga até US$ 15 mil por uma vulnerabilidade qualificada.

Colombo mais tarde tuitou que entrou em contato com a equipe de segurança da companhia e disse que eles estavam investigando o problema. A equipe disse que retornará a ele com quaisquer atualizações, escreveu.