Exclusivo: plataforma brasileira da Volkswagen chegará a 70 países

2 min de leitura
Imagem de: Exclusivo: plataforma brasileira da Volkswagen chegará a 70 países
Imagem: Volkswagen/Reprodução
Avatar do autor

A Volkswagen anunciou, nesta quinta-feira (14), com exclusividade ao TecMundo, que a central multimídia VW Play será exportada para 70 países e estará disponível em 6 idiomas em breve. Carros de seis fábricas da marca espalhadas pelo mundo receberão o sistema que foi desenvolvido aqui no Brasil.

De acordo com a companhia, atualmente a plataforma de infoentretenimento está presente nas linhas de montagem nas cidades de Anchieta (SP) e São José dos Pinhais (PR). Até o fim de 2021, ele chegará nas plantas de Pacheco (Argentina), Puebla (México), Kaluga (Rússia) e Pune (Índia).

Revelado mundialmente com o modelo Nivus, em maio de 2020, o VW Play foi desenvolvido em 3 anos por cerca de 50 pessoas no Brasil. O sistema chamou a atenção do mundo por oferecer para um veículo funcionalidades que estavam em smartphones. Entre os destaques, ele tem memória de 10GB para salvar mídias e aplicativos.

VW Play

O presidente e CEO da Volkswagen para a América Latina, Pablo di Si, disse que o VW Play mostra o potencial de desenvolvimento de tecnologias no Brasil. Ele afirmou que o lançamento da plataforma foi um marco na indústria e que a produção foi baseada em pesquisas e pensando na usabilidade dos motoristas.

“O Volks Play é um grande exemplo da capacidade de inovação dos engenheiros e engenheiras da nossa região. Temos orgulho de exportar conhecimento de ponta para o mundo”, defendeu di Si.

Testes em várias condições

A Volkswagen explicou que para  garantir seu funcionamento, a central multimídia foi testada em vários ambientes. Os técnicos brasileiros avaliaram a performance do sistema em testes mecânicos, elétricos e climáticos, tudo realizado em câmaras específicas que seguem padrões internacionais.

Para se ter uma ideia, o VW Play foi submetido a temperaturas de -30°C a +85°C. Os especialistas queriam garantir que o cristal líquido não congelasse ou ficasse sólido (nas temperaturas baixas). No calor extremo foi analisado se as peças não iriam derreter.

VW Play

Outra importante fase dos testes foram as simulações virtuais. Segundo a empresa, nesse período foi colocado à prova a capacidade do painel se deformar estrategicamente para absorver o impacto e preservar a integridade física dos ocupantes do veículo. Em uma situação extrema do tipo, caso algo se choque contra a tela, ela não estilhaçará, pois é feito de vidro temperado como os celulares e tablets.

Na parte elétrica, o equipamento enfrentou uma "chuva" de ondas eletromagnéticas para garantir que suas funções não oscilem quando o carro passar por alguma área com muitas antenas. Em situações do tipo, o VW Play não sofrerá interferência.

Ferramentas do sistema

De acordo com a Volkswagen, o sistema de infoentretenimento VW Play se destaca por ser capaz de ler quase todos os formatos de mídia. Além disso, ele consegue reunir detalhes do veículo como informações do sistema de som, conectividade, streaming de conteúdo, aplicativos e serviços. O seu sistema de buscas e slider entre telas o torna intuitivo no mundo todo.

A plataforma multimídia também possui recursos de roteamento de internet via celular ou Wi-Fi externo, permitindo que o VW Play funcione com funções de um smartphone. No próprio painel também é possível até mesmo agendar a revisão.

Na América do Sul, além do Nivus e do T-Cross, o modelo Taos receberá em breve o VW Play.

Exclusivo: plataforma brasileira da Volkswagen chegará a 70 países