EQS: saiba tudo sobre o novo elétrico luxuoso e potente da Mercedes

3 min de leitura
Imagem de: EQS: saiba tudo sobre o novo elétrico luxuoso e potente da Mercedes
Imagem: Mercedes/Divulgação
Avatar do autor

Mercedes-Benz apresentou nesta quinta-feira (15) o seu novo carro elétrico, o EQS. O modelo é um sedã de luxo que completa a linha superpremium Classe S da própria fabricante. Com muita autonomia e qualidade de construção, o carro chega para deixar Elon Musk e a Tesla com dor de cabeça.

“Com ele, a Mercedes está redefinindo esse segmento. O EQS também é o primeiro modelo baseado na arquitetura modular para veículos elétricos de luxo e executivos. Combinando tecnologia, design, funcionalidade e conectividade, o EQS encanta motoristas e passageiros", disse a fabricante em comunicado.

Segundo a empresa, serão lançadas duas versões do carro o EQS450 e o EQS580, que contarão com diferentes especificações. O último deve ser lançado nos próximos messes. O modelo é o carro mais aerodinâmico do mundo, atingindo um coeficiente de resistência de 0,20 Cx.

Mercedes/DivulgaçãoMercedes/Divulgação

Design

Como já havia sido mostrado em um evento em 2019, sob a forma de protótipo, o Mercedes-Benz EQS apresenta duas filosofias de estilo — Sensual Purity (Pureza sensual, em tradução livre) e Progressive Luxury (Luxúria Progressiva).

O design é futurista, com luzes dianteiras que se unem por meio de uma "faixa" de LEDs na parte da frente e de trás do veículo. Já a grade dianteira é, na verdade, um painel de material translúcido com mini estrelas da marca, reforçando o design mais moderno do elétrico.

O veículo conta com portas automáticas, ou seja, quando o motorista ou passageiros chegam perto, a maçaneta da porta "fica visível". À medida que a pessoa se aproxima, a porta pode abrir automaticamente. Quando em movimento, as maçanetas ficam niveladas ao veículo.

Especificações

O veículo é equipado com uma bateria de 107,8 kWh, - cerca de mais 26% do que o EQC 400 4MATIC - que permitindo que o veículo alcance a autonomia de 770 km em uma única carga, segundo a empresa. Em relação ao motor, o EQS 450+ contará com motor de 245 kW com tração traseira única e o 580+ deve ter tração integral e dois motores.

Mercedes/DivulgaçãoMercedes/Divulgação

Com a arquitetura elétrica de nova geração, o EQS deve contar com um carregamento ultrarrápido de 200 kW, bastando apenas 15 minutos ligado à tomada para recuperar até 300 km de autonomia. Em questão de velocidade, o carro deve atingir no máximo 210 km/h.

A Mercedes também implementou a tecnologia de carregamento bidirecional. Com ela, o carro poderá fornecer energia para si e para o posto de carga ao mesmo tempo. A função, no entanto, só ficará disponível no Japão.

Tecnologia

Em termos de segurança, o EQS propõe um novo sistema de proteção ao motorista. Em destaque está o recurso de deteção de micro-sono. A tecnologia conta com uma câmera voltada para o condutor, detectando os movimentos das pálpebras em busca de sinais de fadiga ou sonolência. Além disso, o sistema de condução autônoma, que deve ficar disponível em 2022, dará a possibilidade ao condutor de delegar total autonomia de condução ao automóvel na estrada.

Espaço interno

Já no interior do veículo, o principal destaque fica por conta do painel, com uma tela MBUX Hyperscreen, de 56 polegadas que se estende lateralmente por toda a extensão, incluindo à frente do passageiro e o console central. Nela, o motorista poderá consultar todas as informações sobre o funcionamento do carro e controlar o sistema multimídia, além de escolher a cor da luz ambiente do interior. O MBUX Hyperscreen conta com um processador de oito núcleos e 24 GB de RAM, prometendo a melhor capcidade computacional já vista em um carro.

O porta-malas oferece 610 litros de capacidade, sendo que pode ser "expandido" para 1770 litros quando os bancos traseiros são afastados.

A empresa ainda não divulgou valores oficiais, mas espera-se que o EQS custe mais de 100.000 (cerca de R$ 674.000, na conversão atual). As vendas devem começar no final deste ano.

EQS: saiba tudo sobre o novo elétrico luxuoso e potente da Mercedes