Vigas de plástico impressas em 3D são mais fortes que aço e concreto

1 min de leitura
Imagem de: Vigas de plástico impressas em 3D são mais fortes que aço e concreto
Imagem: UPV/Reprodução
Avatar do autor

Engenheiros da Universidade Politécnica de Valência, na Espanha, desenvolveram vigas de plástico com impressão 3D mais resistentes do que as de aço e concreto. Além da resistência elevada, a criação também apresenta maior versatilidade. Isso porque as vigas são fabricadas em pequenos blocos fáceis de transportar e que são montados no local — lembrando um pouco blocos de Lego.

Sua versatilidade possibilita que a instalação seja feita até mesmo nos locais de difícil acesso. Aliás, embora não possuam componentes metálicos, as vigas de plástico são reforçadas com elementos que oferecem rigidez à estrutura. Conforme os engenheiros, esse fator gera inúmeros benefícios técnicos.

 UPV/Reprodução 

O principal deles é o peso: 80% menor do que vigas metálicas ou de concreto, dispensando a necessidade de guindastes e caminhões para o transporte e instalação. Isso, por si só, gera economia de tempo e dinheiro, tanto em material quanto em mão de obra.

"Nosso objetivo era propor uma alternativa às atuais vigas de concreto armado. Elas são feitas com perfis construídos ao longo do comprimento da peça, que exigem instalação cara e são de difícil transporte," contou o professor e coordenador da equipe, José Ramón Albiol. Vale lembrar que, por serem de plástico, as vigas ainda colaboram para a reciclagem, colaborando para construções mais sustentáveis.

Vigas 3D com estrutura alveolar

Estrutura alveolar das vigas de plástico.Estrutura alveolar das vigas de plástico.

Conforme explicam os criadores, a base do sistema está no formato dos perfis poliméricos das vigas. "É uma estrutura alveolar, que permite diminuir a quantidade de plástico utilizado — e, portanto, seu peso — mantendo a rigidez estrutural”, afirma Albiol.

Essa estrutura foi inspirada nos ossos humanos ao redor da epífise, que possui uma camada de osso esponjoso com disposição trabecular (o que também chamamos de estrutura alveolar) e uma camada externa de osso compacto.

"É isso que transferimos para estas vigas revolucionárias, especificamente para os seus perfis. É um sistema natural muito inteligente e a sua reprodução nestas vigas tira proveito dele, com um baixo peso estrutural e capacidade mecânica muito elevadas", completou o pesquisador.

Vigas de plástico impressas em 3D são mais fortes que aço e concreto