Ex-CEO da Google quer criar dirigível movido a célula de combustível

1 min de leitura
Imagem de: Ex-CEO da Google quer criar dirigível movido a célula de combustível
Imagem: LTA Research
Avatar do autor

O cofundador e ex-CEO da Google, Sergey Brin, agora dedica esforços e investimentos em outros setores, como novas formas de mobilidade e fontes alternativas de energia. E um desses segmentos, ao que tudo indica, envolve a criação de um dirigível que pretende revolucionar a indústria.

O site TechCrunch analisou uma oferta de emprego na página da empresa de Brin, a LTA Research, e notou que ela traz algumas informações a respeito de um futuro projeto da companhia. A ideia é criar um sistema de propulsão via hidrogênio de 1,5 megawatts para um dirigível de grande porte. O veículo deve ser capaz tanto de enviar suprimentos para regiões de difícil acesso ou passando por desastres naturais quanto transportar pessoas.

O profissional buscado, que será o gerente do setor, deve supervisionar todas as etapas de captação de parceiros e investimentos, além da produção do veículo — o que inclui uma série de protocolos de segurança, como o armazenamento de hidrogênio.

O retorno dos dirigíveis?

Por enquanto, não há qualquer previsão para o início das atividades comerciais de criações da LTA Research ou imagens conceituais do projeto.

E ela não está sozinha no setor: outras empresas de engenharia têm retomado o uso de dirigíveis como transporte sustentável no campo do conceito ou já com produtos tirados do papel. É o caso do Airlander 10 e o zeppelin Eureka, da Air Venture, citando apenas alguns exemplos dos últimos anos.