Elon Musk admite falhas em carros Tesla durante alta de produção

1 min de leitura
Imagem de: Elon Musk admite falhas em carros Tesla durante alta de produção
Imagem: Sandy Munro
Avatar do autor

A qualidade de carros da Tesla já foi questionada em alguns momentos, mas essas críticas foram intensificadas com o Model 3 e especialmente em 2020. Em entrevista ao engenheiro e youtuber Sandy Munro, o próprio CEO da montadora confirmou a existência desses problemas — e explicou exatamente o que acontece.

Segundo Elon Musk, as falhas são intensificadas quando a Tesla se vê obrigada a acelerar e ampliar de forma significativa a produção dos automóveis elétricos, algo comum para a companhia, que deve sempre atender a demanda de reservas. Nessas etapas, de acordo com o próprio CEO, é comum que erros sejam cometidos e passem despercebidos pela linha de montagem, descobertos apenas pelo consumidor.

"Eu acho que a sua crítica foi precisa. (...) Meus amigos me perguntam: 'quando comprar um Tesla?'. Bom, ou você compra logo no começo ou então quando a produção ficar em um estado estável. Durante a elevação da produção, é muito difícil estar nessa escalada vertical e acertar todos os detalhes.

"Se soubéssemos antes, nós consertaríamos"

O próprio Munro explicou que foi uma vítima dessa situação: ele adquiriu um Model 3 modelo 2021 e, ao comparar com o mesmo automóvel comprado um mês antes por um amigo, percebeu que o outro veículo era bastante superior em acabamento e pintura.

"Uma das coisas que descobrimos que estava acontecendo quando nós ampliamos a produção foi que a tinta não estava secando  o suficiente. Então, é como se, ao ir rápido demais, você não descobre essas coisas. Se soubéssemos delas antecipadamente, com certeza consertaríamos antes", explicou Musk.

A entrevista completa pode ser conferida acima (em inglês). Eles conversaram ainda sobre temas como piloto automático, bateria e outros detalhes da fabricação.

Munro é um dos críticos mais ácidos da Tesla: Em 2018, ele falou que o Model 3 daquela geração "parecia um Kia da década de 1990", e questionou como o carro foi vendido naquela situação.

Elon Musk admite falhas em carros Tesla durante alta de produção