Minimoto elétrica da Sodium Cycles utilizará baterias de íon sódio

1 min de leitura
Imagem de: Minimoto elétrica da Sodium Cycles utilizará baterias de íon sódio
Imagem: Sodium Cycles
Avatar do autor

A Sodium Cycles, fabricante francesa de motocicletas da região de Nouvelle Aquitaine, apresentou na CES 2021 uma nova versão de sua minimotocicleta elétrica de 50 cc, conhecida como Xubaka, projeto desenvolvido desde 2018, para apresentar ao consumidor uma proposta diferente das minimotos disponíveis no mercado.

Primeiramente, o design, que foge ao padrão de minibicicleta esportiva. Segundo a descrição da companhia, o design único da Xubaka é “vintage e puro”, evocando as motocicletas míticas dos anos 1970 mescladas com “as linhas futurísticas da Bauhaus para móveis e arquitetura”.

Quem lê a descrição e vê o protótipo, pensa que o processo de fabricação da minimoto da Sodium é artesanal. E é. A empresa promete que, tão logo os clientes façam seus pedidos no showroom ou no site, a equipe de produção entra em contato para personalizar a cor de acordo com o seu gosto e customizar equipamentos e bagagem.

Opções de customização da Xubaka (Fonte: Sodium Cycles/Divulgação)Opções de customização da Xubaka (Fonte: Sodium Cycles/Divulgação)Fonte:  Sodium Cycles 

Especificações e preço

Além do visual, o sistema de propulsão de roda traseira se destaca, com motor de cubo de 4 kW contínuo e 5,5 kW com classificação de pico, projetando velocidade máxima de 80 km/h. Há espaço no meio do quadro para uma bandeja de bateria, que deverá ser preenchido no futuro por um dispositivo de íon de sódio atualmente desenvolvido pela empresa francesa Tiamat, com apoio governamental.

Enquanto a revolucionária bateria de sódio não chega, a de lítio em uso, de 1,34 kWh, promete um alcance de 60-80 km, considerando-se a utilização de velocidades mais lentas dentro da cidade, e também o peso reduzido da minimoto (50 kg), que a coloca bem abaixo das scooters e motos elétricas ou a gás similares.

A Xubaka da Sodium Cycles será lançada neste ano na União Europeia, ao preço de 5,9 mil €, o equivalente a R$ 38 mil, considerado alto pelos especialistas, que pode, no entanto, ser justificado pelo fato de a produção e montagem de cada Xubaka serem feitas inteiramente à mão.

Minimoto elétrica da Sodium Cycles utilizará baterias de íon sódio