Mission T: CEO da Volkswagen revela plano para 'alcançar a Tesla'

1 min de leitura
Imagem de: Mission T: CEO da Volkswagen revela plano para 'alcançar a Tesla'
Imagem: Volkswagen/Divulgação
Avatar do autor

Herbert Diess, CEO do grupo Volkswagen, fez uma importante publicação sobre a reformulação da montadora alemã. Em destaque, o executivo disse estar trabalhando em uma estratégia para competir diretamente com a Tesla em relação aos carros elétricos.

Batizado de “Mission T”, o plano concentra esforços no aumento da produção de veículos elétricos pela marca. Segundo ele, esse é único meio de enfrentar a companhia comandada por Elon Musk.

Herbert Diess e Elon Musk em visita à fábrica da Volkswagen.Herbert Diess e Elon Musk em visita à fábrica da Volkswagen.Fonte:  Electrek/Reprodução 

Na nota, Diess revelou a realização de um grande encontro com executivos da Volkswagen, Audi e Porsche em abril deste ano. Durante três dias, foram discutidas formas de adaptar a estratégia da montadora com o objetivo de conseguir acompanhar a concorrente.

“O evento foi sobre como podemos alcançar a Tesla”, destacou o CEO. “Ela é uma empresa focada exclusivamente no futuro, sem um negócio tradicional de automóveis. É uma companhia no estilo do Vale do Silício, influenciada por tecnologia e pela cultura de risco”.

O executivo comentou que a Volkswagen precisa eliminar burocracias para ser mais competitiva. Assim, ele usou o exemplo do Projeto Artemis, modelo elétrico da Audi que está sendo produzido usando a estrutura organizacional de uma startup.

Silhueta do Projeto Artemis foi apresentada em feiras automotivas no início de 2020.Silhueta do Projeto Artemis foi apresentada em feiras automotivas no início de 2020.Fonte:  Volkwagen/Divulgação 

Buscando um voto de confiança

Analistas do setor acreditam que a recente publicação de Diess é um esforço para conquistar um voto de confiança do conselho da Volkswagen. Atuando na companhia alemã desde 2015, ele realiza um amplo esforço para “atualizar” a montadora.

Uma dessas ações é o investimento na produção de novas linhas de carros elétricos. Contudo, diversos obstáculos internos dificultam a jornada para deixar a companhia em um patamar competitivo.

Enquanto isso, o executivo briga para conseguir a prorrogação do seu contrato que vencerá em 2023. Por outro lado, há rumores de que membros da diretoria da montadora estão à espera da saída dele para retornar ao antigo modelo de negócios.

Mission T: CEO da Volkswagen revela plano para 'alcançar a Tesla'