Marcas alemãs vão alcançar Tesla nos elétricos, diz CEO da Audi

1 min de leitura
Imagem de: Marcas alemãs vão alcançar Tesla nos elétricos, diz CEO da Audi
Avatar do autor

O CEO da Audi, Markus Duesmann, está confiante que as montadoras alemãs ainda têm muito a crescer no mercado de veículos elétricos e devem alcançar a Tesla em breve. Falando para a revista Focus.de, o executivo disse que a fabricante do Model 3 não possui uma larga vantagem no mercado de EVs.

"Honestamente, não vejo que a Tesla esteja à frente com a tecnologia de baterias de íons de lítio", disse Duesmann, em debate que também contou com o primeiro ministro da Baviera, Markus Söder. "Definitivamente não os vejo como líderes", completou o executivo da Audi.

Markus Duesmann, CEO da AudiMarkus Duesmann, CEO da AudiFonte:  Electrive 

De acordo com Duesmann, a Audi está agindo para ganhar mais espaço no mercado de elétricos. "Estamos correndo com botas de sete léguas", disse o executivo, fazendo alusão a um calçado folclórico europeu que permite andar mais rápido.

Tesla cresce no mercado

As declarações do executivo foram vistas com ceticismo. Apesar de a Audi estar avançando no setor, a concorrente que trabalha somente com veículos de energia limpa continua crescendo no mercado.

Elon Musk na apresentação do Tesla CybertruckElon Musk na apresentação do Tesla CybertruckFonte:  Insider 

Recentemente, a Tesla se tornou a montadora mais valiosa do mundo, após suas ações subirem e levarem a avaliação de mercado da firma para US$ 208 bilhões. Com esses números, a empresa superou a Toyota, antiga dona do título, e agora vale mais que o triplo de Ford e General Motors somadas.

Mesmo produzindo menos veículos que a Toyota, a empresa de Elon Musk tem ganhado a atenção do mercado com seus carros elétricos, como o Model 3, que é focado em custo-benefício, e o ainda não lançado Cybertruck. A montadora também realizará neste ano o Battery Day, evento em que deve ser o palco de revelação de uma nova bateria que supostamente possui 1,6 milhão de km de vida útil.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Marcas alemãs vão alcançar Tesla nos elétricos, diz CEO da Audi