Turbinas eólicas impressas em 3D estão em desenvolvimento

1 min de leitura
Imagem de: Turbinas eólicas impressas em 3D estão em desenvolvimento
Avatar do autor

Nesta quarta-feira (17), a GE anunciou que está desenvolvendo turbinas eólicas impressas em 3D, e que poderão atingir até 200 metros de altura (somente a torre, sem as hélices). O projeto é uma parceria da empresa com outras companhias, em uma colaboração internacional, que vai permitir a construção de uma impressora e materiais que possam ser amplamente adotados em todo o mundo.

Turbinas eólicas mais altas podem captar mais vento. Com a ajuda de hélices maiores, elas podem produzir mais energia que peças mais baixas. A empresa espera poder produzir turbinas que terão torres com até 200 metros, indo além das que são encontradas em Gaildorf, na Alemanha, que possuem 178 metros. Isso seria mais que o dobro da altura média das turbinas eólicas dos EUA atualmente.

Turbina eólica offshore da GE. (Fonte: Vattenfall/Reprodução)Turbina eólica offshore da GE. (Fonte: Vattenfall/Reprodução)Fonte:  Vattenfall 

Mas não se trata apenas de aumentar a produção de energia. O novo método de fabricação em 3D visa facilitar a produção, transporte e instalação de novas turbinas. Seria mais fácil transportar uma impressora do que uma torre pronta, com 100 a 200 metros de extensão. A impressora 3D poderia imprimir bases de concreto que teriam entre 10 e 80 metros, e isso poderia ser feito já no local de instalação.

Para aumentar o tamanho final da turbina, uma torre de aço poderia ser adicionada à base de concreto, que estaria pronta para receber novas peças, encaixadas umas sobre a outras.

A GE diz que pode construir uma turbina de 160 metros de altura e 5 MW, que gera 33% mais energia anualmente do que uma turbina com metade do tamanho - com uma economia de custo "significativa".

Mas ainda há desafios a serem superados: quanto mais resistente será o concreto, mais difícil será sua impressão em 3D, assim como a montagem das peças.

A GE concluiu seu primeiro protótipo de turbina impressa em 3D em outubro de 2019 e planeja iniciar a produção em 2023.

Turbinas eólicas impressas em 3D estão em desenvolvimento