Novo sistema permite recarregar carros elétricos em movimento

1 min de leitura
Imagem de: Novo sistema permite recarregar carros elétricos em movimento
Imagem: DPK
Avatar do autor

Pesquisadores da Escola de Engenharia de Stanford desenvolveram um sistema capaz de carregar as baterias decarros elétricos enquanto eles estão em movimento, semelhante ao carregamento por indução utilizado em celulares. O sistema, apesar de ainda estar em testes nos carros elétricos, já funciona para recarregar robôs — o que será útil para reduzir o tempo de inatividade e aumentar a produtividade em fábricas, por exemplo.

O projeto surgiu há três anos quando Shanhui Fan e Sid Assawaworrarit desenvolveram seu primeiro sistema baseado no carregamento sem fio. Em resumo, neste tipo de carregamento, a eletricidade é transmitida através de um campo magnético que oscila a uma frequência capaz de criar vibrações ressonantes nas bobinas magnéticas do dispositivo receptor.

Esta frequência ressonante muda se a distância entre a fonte e o receptor for alterada mesmo em uma pequena escala — o que funciona muito bem para celulares, já que eles ficam parados enquanto recebem a carga. Sabendo disso, a dupla incorporou um amplificador e um resistor de feedback ao sistema para permitir que ele ajustasse a frequência automaticamente caso houvesse algum distanciamento.

a  Promobit/Reprodução 

No entanto, o sistema utilizava muita energia para fazer essas correções constantes, de modo que apenas 10% de força era transmitida como energia para o carro. Após ajustar esse problema trocando os amplificadores, a dupla chegou à atual configuração de seu sistema de carregamento, que possui nada menos do que 92% de eficiência de transmissão.

Com esta atualização, o sistema consegue transmitir 10 watts de eletricidade a uma distância de até 90 centímetros. Mas, segundo Shanhui Fan, é possível enviar dezenas ou centenas de quilowatts para um carro elétrico e a capacidade de carregamento pode ser facilmente expandida.

O cientista destacou que esta tecnologia é rápida o suficiente para reabastecer um automóvel elétrico, mesmo que ele esteja em alta velocidade, já que transmissão sem fio leva apenas alguns milissegundos. Shanhui Fan pontuou que o único fator limitante seria a velocidade com que as baterias do carro conseguem absorver a energia.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Novo sistema permite recarregar carros elétricos em movimento